O Samurai e o Monge

 

“Ninguém recebe sapiência, é preciso descobri-la por si próprio”
– Marcel Proust

 

Um dia um samurai foi ver um monge e disse-lhe:

– Monge, ensina-me coisas sobre o céu e o inferno.

O monge levantou os olhos em direção ao enorme samurai e respondeu:

– Ensinar-te a ti sobre o céu e o inferno? Deves achar-te alguém de extraordinário, estás sujo, cheiras mal, o teu sabre está ferrugento. Quem é que poderia contratar um samurai como tu? És repugnante e tolo, vai-te embora daqui!

Os músculos do pescoço do samurai crisparam-se e as suas veias quase que rebentam de raiva, o samurai num gesto rápido e preciso saca do seu sabre para matar o monge.

No mesmo instante em que o samurai se prepara para separar a cabeça do corpo do monge, este olha para o samurai e diz-lhe:

– Isto é o inferno

O samurai compreendeu então que o monge quase sacrificou a sua vida para lhe dar este ensinamento, ficou de tal forma impressionado pela coragem e compaixão que o monge acabara de fazer prova, que guardou o seu sabre e se curvou perante este em sinal de respeito e apreciação pelo magnífico gesto do monge e disse:

– Nem acredito no que acabaste de fazer, arriscaste a tua vida para me ensinares.

O monge respondeu-lhe:

E isto é o céu.

BAM! Mais Uma Pedrada da Vida

Que o medo ceda à doce lentidão do elenco da vida que nutre a tua carne.
Danis Bois

 

Um jovem e talentoso homem de negócios, passeava-se no seu novo Jaguar num bairro tranquilo. Ia um pouco depressa demais, quando de repente…

 

 

Uma pedra pulverizou-se literalmente contra a porta do condutor.

Depois de uma travagem brusca, o carro recuou até onde a pedra tinha sido lançada e completamente enraivecido, o homem salta do carro e apanhou a primeira criança que viu.

Porque fizeste isso? Sabes quanto vou ter que pagar por esta porta?

O jovem derreteu-se em desculpas e com as lágrimas a correrem-lhe pelo rosto apontou para o chão entre dois carros estacionados e disse:

– Por favor senhor, peço imensas desculpas mas não sabia o que fazer. Mandei a pedra porque ninguém parava…aquele é o meu irmão, deitado no chão. Caiu da sua cadeira de rodas e eu não tenho forças para o sentar de novo. Pode ajudar-me a coloca-lo de novo na sua cadeira de rodas?

Comovido e sem palavras, o condutor apressou-se em ajudar o jovem que ali estava deitado no chão. Pegou no seu lenço e limpou as feridas do jovem, ensopando os arranhões que tinha feito ao cair da cadeira.

– Obrigado e que Deus o abençoe, disse o irmão que tinha atirado a pedra.

 

Demasiado comovido para poder dizer fosse o que fosse, o homem observou simplesmente a criança, que empurrava a cadeira de rodas do irmão, até ao fim da rua.

 

 

Entrou lentamente no seu jaguar. Os danos na porta eram muito aparentes mas o homem decidiu não mandar arranjar a porta. Deixou-a estar tal e qual como estava, a fim de se lembrar desta mensagem:

 

Não passes a vida a correr, de tal forma a que alguém tenha que te mandar uma pedra para ter a tua atenção!

 

A vida murmura às nossas almas e fala ao nosso coração, por vezes não temos tempo de a ouvir…então ela encarrega-se de nos mandar pedras.

 

A escolha é nossa…ou ouvimos a vida…ou não.

 

E tu? Ouves a vida? Estás atento às oportunidades que ela te dá?

 

Aqui te deixo então uma oportunidade única..a oportunidade de teres o teu próprio negócio na Internet…por apenas $1 dólar…vais poder fazer o teu registo e ainda te ofereço 1 mês de afiliação gratuita. 🙂

 

REGISTA-TE AQUI POR $1 (esta promoção pode desaparecer a qualquer momento)

 

Forte Abraço!

Web Marketing Para Empresas

Ser Internet Marketer é ser um general no novo tabuleiro de jogo económico em que a Internet se tornou.

-Olivier Correia




Não é por acaso que gosto de dizer que, um bom Internet Marketer é um verdadeiro general dos negócios online. Ontem dei-me conta mais uma vez do poder que detemos e vou dar-te um exemplo prático:

Imagina uma empresa de informática (poderia ser qualquer outra atividade) que trabalha com uma equipa de vendedores

Vamos supor que esta empresa tem 5 vendedores, que cada um deste vendedores tem um carro da firma e aufere um rendimento base de 700€.

Vamos ainda ter em conta que, cada um deles viaja para fora da sua localidade e consequentemente tem que comer fora de casa, já para não falar que muitas vezes um vendedor paga o almoço ao seu potencial cliente.

Vamos então fazer algumas contas anuais para esta empresa:

5 carros comerciais a 15.000€ cada, amortizados em 4 anos = 18.750€/ano

5 ordenados base de 700€ = 42.000€/ano

5 almoços por dia útil a 10€ cada = 13.000€/ano

Estes vendedores (mesmo que mal pagos) geram à empresa uma despesa fixa anual de 73.750€

Vejamos agora em termos práticos, baseado na minha experiência como ex-empresário do ramo de informática, o retorno anual desta despesa.

– Um empresa de informática que tenha 5 vendedores na rua é uma empresa que em condições normais procura clientes empresariais e até instituições públicas como escolas, bibliotecas, centros de saúde, hospitais, etc. Procura não só vender equipamentos como fazer contratos de manutenção em troca de uma avença mensal.

A minha experiência diz-me que quando tem que ser o vendedor a “puxar pela cabeça” por forma a contactar potenciais clientes e se for um vendedor muito bom, fará no máximo 4 contactos por dia. Entenda-se por um contacto alguém interessado em ouvir a proposta do vendedor. Os “nãos” e as “portas na cara” não contam 🙂

Então se estes 5 vendedores fizerem 4 contactos cada um, a empresa fará um total de 20 contactos por dia.
Diz-me ainda a minha experiência, que uma venda ocorre a cada 160 contactos feitos.

Então a empresa irá gerar por ano (260 dias uteis x 20 contactos) = 5.200 contactos, dos quais irão resultar em média cerca de 32 vendas.

Vamos ainda supor que por cada cliente se consegue uma venda de 1.500€ em equipamento e uma avença de 75€ mensais. Isto equivale a uma faturação anual de (1.500€ x 32) + [(75€ x 32) x 12] = 76.800€

Então, temos 76.800€ de faturação anual para um investimento de 73.750€, ficando assim com um lucro bruto de 3.050€ anuais. (Não me parece que a empresa se governe com isto 🙂 )

[fancy_box id=2]Vamos agora introduzir o Internet Marketing nesta equação:[/fancy_box]

1 posto de trabalho fixo na empresa (sem carro de serviço nem almoços fora) ordenado mensal de 1.000€

Produtos da Empower Network que vão ensinar a pessoa que vai ocupar este cargo = 4.500€

20 horas (4h/dia) de coaching, para ensinar a pessoa que vai ocupar este cargo e fazer as configurações iniciais = 2.500€

Despesas mensais fixas:

Blog (Kalatu premium) = 61€
Auto-responder = 20€
Inner Circle = 85€

A pessoa que for ocupar este cargo estará apta passado uma semana de coaching pessoal, a gerar no mínimo 500 contactos por dia, TODOS OS DIAS (enquanto que os vendedores descansam ao fim de semana e só fazem contactos nos dias úteis).

500 Contactos por dia = 182.500 contactos/ano = 1.140 vendas =2.736.000€ ( 2 milhões setecentos e trinta e seis mil euros) !!!

Para uma despesa única de 7.000€ e uma despesa fixa mensal de 1.166€ (ordenado + subscrições)

Isto representa um lucro anual bruto de 2.715.008€ depois de introduzido o Internet marketing na empresa!

O Web Marketing para empresas é cada vez mais uma necessidade crescente, para todos os empresários de visão que querem fazer a diferença face à concorrência.

Deixa-me mostrar-te um vídeo muito curto onde o meu amigo e parceiro de negócio Igor me entrevistou sobre este assunto:

 

Quer sejas empresário e queiras implementar o Web marketing para empresas no teu negócio,

Quer queiras aprender as competências para prestares este tipo de serviços a empresas,

Tudo começa com um passo comum:

Adquirir hoje ainda a tua subscrição de um blog como o meu AQUI

Até Já 🙂

Olivier

Desfruta Da Jornada

“O entusiasmo possui uma frequência de energia elevada, que entra em ressonância com o poder criativo do universo…Com o entusiasmo, descobres que não precisas de fazer tudo sozinho. O entusiasmo sustenido, suscita uma onda de energia criativa e tudo o que tens de fazer é deixar-te levar por essa onda.”

– Eckhart Tolle

 


Quando obtens prazer daquilo que fazes, estás completamente comprometido, cheio de energia, vibras totalmente; e esta frequência interior que emanas, sincroniza-se com tudo o que pulsa no mesmo comprimento de onda, amor, alegria e entusiasmo.

 

 

Estás então ligado, à corrente da vida, à corrente que transporta o que há de melhor e de mais potente, em ti e à tua volta.



 

 A tua capacidade criativa desmultiplica-se, o teu radar de sucesso foca-se nas oportunidades e consegue vê-las de facto, a tua performance cresce exponencialmente, pelo «simples» poder do amor que colocas naquilo que fazes.
As chances são grandes de que chegues de facto muito mais rapidamente ao teu objetivo…Mas o que é maravilhoso é que te sentes tão vivo e entusiasmado de percorrer este caminho, que como um bom livro ou filme, não tens pressa que acabe…

 

O crescimento advém do processo e da jornada, nunca do objetivo final. Vivê-lo e desfrutá-lo é o que nos vai permitir repeti-lo.

 

Desfruta do caminho…desfruta da jornada !

 

Gostas de desenvolvimento pessoal? Então clica na imagem abaixo e descarrega já o teu exemplar gratuito deste fantástico livro “Segredos da Mente Milionária” de T. Harv Eker.

 

livro300

emails

 

Melhoria Continua: Filosofia Kaizen

Este é sem dúvida o único método para conseguires tudo aquilo que Empreendes.

 

E se de repente, com um toque de varinha mágica, todos os teus projetos se pudessem realizar?

Seria fantástico, certo?

Mas logicamente, essa varinha mágica não existe. No entanto, podes colocar do teu lado todos os meios para conseguires. Um dos meios mais potentes é sem dúvida alguma a melhoria continua.
O conceito de melhoria contínua nasce no japão, em grandes empresas como a “Toyota”, depois disso foi difundido nos Estados Unidos e na Europa. É um método usado nas grandes empresas industriais para aumentar a sua eficácia, produção e favorecer a inovação.

 

Este método permite-lhes ficar sempre na vanguarda das suas indústrias e atingir a excelência!
E se também tu (tal como eu) desejas melhorar a médio e longo prazo as tuas competências, aumentar o teu bem-estar e desenvolvimento pessoal, alguns elementos da melhoria contínua são totalmente transportáveis para a nossa vida pessoal.

 

 

Melhoria continua: O método para progredir na vida pessoal

 

Para conseguirmos realizar tudo aquilo que empreendemos, a chave, é agirmos de forma regular e constante. O método da melhoria continua, permite-nos precisamente dar lugar a uma estratégia para progredirmos sempre. Mesmo fazendo pequenas ações de cada vez.

 

E como funciona isto na nossa vida?

 

Etapa 1: Querer Mudar


Hoje melhor que ontem, amanhã melhor que hoje

 

A melhoria contínua pressupões antes de mais “querer mudar”. É uma condição prévia colocar ação, adotar um estado de espirito positivo, orientado para a melhoria de si mesmo.

 

Este é o sentido da palavra japonesa que designa a melhoria continua: Kaizen.

Literalmente, Kai = mudança e Zen = bem. A vida está em perpétua mudança e é marcada por um ciclo permanente de adaptação.

emails


Etapa 2: Agir através de pequenas ações

 

Para nos colocarmos concretamente em movimento, esta segunda etapa consiste em agir pouco a pouco. Não é necessário atingir grandes feitos de uma só vez, a melhoria contínua repousa sobre a ideia de que toda e qualquer progressão é efetuada de forma regular e coerente.

 

Para cada aspeto da vida que queres melhorar na tua vida pessoal, começa por pequenas ações:

– 30 Minutos de atividade física por dia, para melhorares a tua saúde.

– Ler um capítulo por dia de um livro para aprender a fotografar como um profissional.

– Ver um vídeo por dia em inglês, para progredires nesta língua.

– Etc…

 

 

Etapa 3: Avaliar as ações

 

No final de algumas semanas, não te esqueças de avaliar os resultados das tuas ações.

Coloca-te as questões seguintes:

O que funcionou bem? Que progresso fiz?

O que não funcionou? O que posso melhorar para que corra ainda melhor?

Qual será a próxima ação que devo empreender para continuar em direção ao meu objetivo?

A ideia geral é a seguinte: Valoriza as pequenas mudanças positivas, isto vai ajudar-te a continuares motivado na tua jornada. Considera cada elemento que não funcionou, como uma fonte de aprendizagem e de melhoria.

Planifica a próxima (pequena) ação a realizares, para continuares a ser constante e regular, sempre orientado para o sucesso do teu objetivo.

 

Etapa 4: Agir, agir e continuar a agir
Uma vez que tenhas avaliado o resultado das tuas ações e descoberto “os eixos” de melhoria, vais continuar a tomar ação diária e consistentemente.
Esta rotina consistente, vai tornar-se com o tempo um hábito de vida, algo natural em ti e vais entrar num “circulo virtuoso” onde cada ação que levas a cabo se direciona no sentido de melhorares.
Pouco a pouco vais assim modificar as tuas crenças internas limitativas para ires sempre mais longe.
Eu sei…é ambicioso…muito ambicioso até, pois adotar este método é mudar a maneira de conceber a vida no seu todo. Só isso!  🙂
A melhoria contínua é mais do que um método, é uma filosofia
A melhoria continua, ou “Kaizen”, é claramente uma filosofia de ação do quotidiano. Requer vontade e compromisso, o compromisso de progredir sempre e de ir em direção á nossa melhor versão.

 

A melhoria contínua diferencia-se do perfecionismo, no sentido em que é baseada na ação perpétua. Não procuramos realizar tudo perfeitamente desde o inicio, mas simmelhorar pouco a pouco e consistentemente.
Aqui o tempo tem um papel importante. O Kaizen convida-nos efetivamente a pensar de forma diferente acerca da vida e a longo prazo.

 

Todos os nossos hábitos, crenças internas ditadas pelas nossas educações, experiencias passadas e culturas, podem ser modificados no sentido de retomarmos o controlo das nossas vidas e vivermos plenamente as nossas escolhas.

É um processo sem fim, que escrevemos a cada dia no livro da nossa vida.

 

Agora a bola está no teu lado 🙂

 

Se tens este objetivo de melhoria continua para a tua vida, então estás no sítio certo!

 

Coloca ação hoje mesmo na melhoria continua e junta-te ao grupo de empreendedores online com maior sucesso em todo o mundo.

 

Começa hoje a construir o teu futuro!

 

REGISTA-TE AQUI

Aprender e Ter Prazer

Porque deves estar sempre em formação e tirar prazer nisso?

 

A maioria das pessoas associam a formação à escola e a tudo o que lhe está associado, deveres, exames, notas, etc. No entanto a escola representa apenas um único tipo de aprendizagem. Existem numerosas outras maneiras de nos formarmos, de nos desenvolver, de ganhar novas competências e tudo isto no decorrer de uma vida.

 

Formar-se não é apenas reservado aos alunos e aos estudantes.
A aquisição de novos conhecimentos e novas competências não deve ser visto como um “frete”, antes pelo contrário. Aprender pode revelar-se uma fonte ilimitada de prazer.

 

 

As 4 vantagens de estar sempre em formação

 

Não nos formamos uma única vez durante a duração dos nossos anos de estudos. Estaríamos a considerar que as nossas capacidades ficam gravadas em pedra mármore e que não evoluímos.

 

Todas as experiências de aprendizagem são importantes e fazem aumentar a autoconfiança e a autoestima. Conseguimos assim ver concretamente que somos capazes de adquirir novos conhecimentos e integrar novos trunfos na nossa vida no sentido de avançar rumo aos nossos sonhos e objetivos.

 

 

Então a formação constante dá-nos uma vantagem enorme em relação aquelas pessoas que não se formam, pois a formação permite-nos usar rapidamente conceitos e soluções que outros demoraram anos a compreender.

 

A formação permite-nos igualmente que nos adaptemos às circunstâncias que evoluem, de melhor compreender o que nos rodeia e de ser resiliente nas mudanças. A formação é um motor importante na nossa vida, faz funcionar o nosso cérebro e permite desenvolver diferentes aspetos da nossa inteligência que não foram valorizados na escola.

 

 

Formar-se: Um prazer e uma experiência ao alcance de todos

 

 

Para começar esquece completamente a ligação entre a formação e a escola. Formar-se pode claramente ser lúdico. Ninguém precisa de regressar aos bancos da escola para aprender algo novo.

 
Formamo-nos mesmo sem nos apercebermos, quando lemos um artigo, vendo um tutorial em vídeo na internet, passando tempo com um amigo, algum conhecido quando nos mostra como realizar esta ou aquela tarefa. Com o decorrer do tempo armazenamos literalmente toneladas de conhecimento em áreas que nos interessam. Vivemos uma experiência enriquecedora.

 

 

O meu conselho é que escolhas desenvolver as tuas capacidades em áreas que te apaixonam, desta forma a aprendizagem será um verdadeiro prazer.

 

 

Eu adoro desenvolvimento pessoal e tudo o que tenha a ver com inteligência emocional e psicologia e para mim é super interessante descobrir tipos de aplicações práticas desse mesmo conhecimento e adaptá-lo à minha vida pessoal, ao meu negócio na Internet e até às minhas relações inter-pessoais.

 

Podemos formar-nos com estágios, em ateliers, seminários locais ou ainda da forma como eu o faço, através de formações online na internet, onde se pode avançar ao nosso próprio ritmo e sem pressões.

 

 

[fancy_box id=4]

Os meus cursos favoritos:

– INNER CIRCLE                          – TOP PRODUCER FORMULA        

– TEAM BUILDING FORMULA        – MASS INFLUENCE FORMULA

[/fancy_box]

 

 

Assim que terminares uma formação não te esqueças de atualizar o teu inventário de competências

 
Formação em função das necessidades para um colocar em prática rápido e concreto

 

Talvez digas para ti mesmo que não tens nem tempo nem dinheiro para te formares. Uma vez mais não vejas a formação como um “frete”.

 

É verdade que algumas formações requerem um investimento importante em tempo ou em dinheiro. Neste caso visa o conhecimento que realmente precisas de imediato e planeia a tua formação por etapas ao longo do tempo.

 

Compara programas, métodos, para teres uma ideia da utilidade da formação para ti. Se queres por exemplo ganhar dinheiro com a internet e gostarias de fazê-lo a 100% e viver apenas disso, deves sem falta comprar estes cursos: Inner Circle, Top Producer Formula, Team Building Formula e Mass Influence Formula, estes foram os cursos de base que me ensinaram tudo o que sei sobre a industria do trabalho a partir de casa e sobre como ganhar uma “pipa de massa” com a Internet.

 

Deves ainda definir o estilo de aprendizagem que melhor se adapta a ti: Será através da escrita, de livros, transmissão de conhecimento por experiencia, ou ainda através de vídeos para que possas sempre consultar?

 

Em uma ou duas dezenas de horas podes aprender muitas coisas novas e coloca-las em prática

 

Esta ação fará uma diferença enorme em relação aqueles que nada farão para se formarem.

 

A bola está no teu lado 🙂

 

Se estás convencido da importância de nos formarmos em permanência, não hesites em partilhar este artigo nas redes sociais.

 

Se gostas de desenvolvimento pessoal tens que dar uma vista de olhos neste curso: INNER CIRCLE

 

Forte Abraço!  😉

A Ciência de Deus

Não é a luz que morre ao contacto com as trevas, são as trevas que morrem ao contacto com a luz.

– Omar Khayyâm

 

Um professor universitário desafiou um dia os seus alunos com esta pergunta:

– Deus criou tudo o que existe?

Um dos estudantes responde orgulhosamente: «Sim, claro que criou!»

 
O professor responde então:

– Se Deus criou tudo, também criou o mal. Então se o mal existe e foi criado por Deus, significa que Deus é mau.

 

 

O estudante permaneceu calado diante de tal resposta.

O professor “pavoneava-se” orgulhoso dele próprio por ter provado uma vez mais aos seus alunos que a fé não passava de um mito.

 

 

Um outro estudante levantou o braço e disse:

– Posso colocar-lhe uma pergunta professor?

 

– Claro que sim respondeu este.

 

– Professor, o frio existe?

 

– Que raio de pergunta é essa? Claro que existe. Você nunca teve frio?

 

– Na realidade professor, o frio não existe. Segundo a lei da física, aquilo que consideramos frio, é de facto a ausência de calor.

Todo o individuo ou objeto possui ou transmite energia. O calor é produzido por um corpo ou matéria que transmite energia. O zero absoluto (-273,15 °C) é a ausência total de calor.

O frio não existe. O Ser Humano criou esta palavra para descrever aquilo que sentimos na ausência de calor.

 

O estudante continua:

– Professor, a escuridão também existe?

 

– Claro que existe!

– Mais uma vez está enganado professor, a obscuridade não existe. Na realidade o escuro é a ausência de luz. Podemos estudar a luz, mas não podemos estudar o breu

Podemos utilizar o prisma de Newton para fragmentar a luz branca em várias cores e estudar os diferentes comprimentos de onda de cada cor. Mas não podemos medir a escuridão.

Um simples raio de luz pode irromper numa vasta escuridão e iluminá-lo. Como pode saber o espaço que ocupa a escuridão? Medimos a quantidade de luz presente, isso sim, não é verdade?

A escuridão não passa de um termo utilizado pelo Homem para descrever o que acontece na ausência de luz.

 

Finalmente, o jovem pergunta ao professor:

– Professor, e o mal? Existe?

 

– Claro que sim, aliás já o disse anteriormente. O mal vê-se por todo o lado todos os dias. Está nos exemplos do quotidiano o Homem ser desumano com o próprio Homem. Vê-se na multitude de crimes e de violência praticada um pouco por todo o lado.

– Não professor…o mal não existe! Ou melhor, não existe por ele mesmo. O mal é apenas a ausência de Deus em si. É como a escuridão e o frio, uma palavra que o Homem criou para designar a ausência de Deus nele mesmo.

Deus não criou o mal. O mal não é como a fé ou o amor, que existem tal como a luz e o calor. O mal é o resultado que acontece quando o Homem não amor no seu coração. É como o frio que aparece na ausência de calor ou a escuridão na ausência de luz.

 

O professor sentou-se

 

O aluno chamava-se Albert Einstein.

 

Possivelmente já conhecias esta história, no entanto não quis deixar de a contar, pois serve de referência para muitas verdades escondidas e muitas falsas crenças, mas é sobretudo uma lição de conhecimento e humildade.

 

Se gostas de desenvolvimento pessoal aconselho-te um fantástico curso em audio e vídeo, o INNER CIRCLE

VÊ AQUI TODA A INFORMAÇÃO

O Que Te Disseram De Ti?

Se ninguém me tivesse dito quem eu sou, quem seria eu?
– Wayne Dyer

 

 

Que tenhamos ou não consciência disso, somos todos, aquilo que os nossos pais, o nosso meio e a nossa cultura fizeram de nós. Mesmo aqueles que se rebelaram contra, acabaram afinal por se posicionarem em relação a estas referências, pois foi contra estas que o fizeram.

 

Consegues lembrar-te? O que te disseram de ti?

Raros são aqueles que conseguiram sair totalmente ou completamente do quadro. Porque raros são aqueles que se permitem verdadeiramente ouvir-se, para escutar e seguir aquela pequena voz que vem de dentro, a voz do guia interior.

 

É tão mais fácil seguir um rumo já traçado, continuar numa via que nos é familiar, por mais desconfortável que seja.

E depois «Mas quem é que eu sou para querer “brilhar” assim? O que vão dizer aqueles que me são próximos? Que pensarão as pessoas de mim?»

 

No entanto, a nossa verdade presente, não é de todo aquilo que fizemos até hoje, mas sim aquilo a que nos sentimos compelidos a fazer, aquilo em que nos vamos transformar…essa é a nossa realidade.

 

A cada novo dia surge uma oportunidade de nos renovarmos, de nos reinventarmos. Nada nos obriga a impregnar o nosso presente e o nosso futuro daquilo que foi o nosso passado (estaria bem arranjado se o fizesse).

Podemos transformarmo-nos naquilo que quisermos desde que nos permitamos fazê-lo.

 

Escuta o que sentes profundamente, sem receares tomares-te por quem não és, por outro que tu, olha-te diferentemente, transforma-te…Esse «outro» és tu!

Gostas de desenvolvimento pessoal? Procuras formar-te e melhorares cada vez mais?

[fancy_box id=1]ENTÃO CLICA NESTE LINK[/fancy_box]

O Ténue Equilíbrio do Empreendedorismo

Quando pensamos em empreender, somos muitas vezes levados a pensar numa vida repleta de riscos, com ganhos e perdas constantes e armadilhas em cada esquina.

Há até quem pense que a vida do empreendedor se assemelha à vida dos antigos gladiadores romanos, já que podemos ter que lutar contra concorrentes implacáveis. Mas será que esta ideia é real? Será que todos os empreendedores vivem desta forma?

 

 

Para dizer a verdade, a esmagadora maioria dos empreendedores nunca terá que se debater de forma tão acirrada com a sua concorrência, a sua “luta” é feita de forma diferente. Quase todos os negócios dependem das análises, decisões e avaliações dos clientes.

 

Isto significa que a maioria dos negócios vive numa constante e eterna exposição a fatores como: avaliações emocionais, alterações comportamentais ou simplesmente à evolução da postura social.

 

Adicionalmente, é necessário compreender que a sociedade está em constante evolução e transformação. As técnicas de venda que resultavam na perfeição há 20, ou até há 10 anos atrás já não resultam.

 


 

 

 

Hoje, qualquer que seja o produto que estás a vender, deves ter a capacidade de impressionar o cliente nos múltiplos vetores que ele considera importantes. A tua mensagem deve ser apelativa do ponto emocional, mas tem que ser forte o suficiente para fazer sentido do ponto de vista racional. E claro, é necessário que o cliente considere que o investimento faz também sentido material, ou seja, que tem realmente valor.

 

 

Se olharmos para todos estes pressupostos, podemos facilmente antecipar que “vender” é realmente uma tarefa complexa. Como é que o podemos fazer, sem forçar, nem melindrar os potenciais clientes?

 

 

 

emails

 

 

 

Vender Sem Forçar

 

Como empreendedor, deves perceber desde logo que não adianta tentar utilizar clichés batidos e fórmulas mais gastas. O público já viu tudo isso, já está vacinado contra vendas agressivas.

 

 

Hoje, vender é como tecer um jogo de sedução, discreto, mas emotivo e elegante. Tens que tentar que o teu produto ou serviço se destaque da massa cinzenta e banal que é o mercado de consumo. Tocar nas emoções do cliente é o ponto de partida para passar para as restantes fases: análise racional e finalmente a decisão de comprar.

 

 

Um dos erros mais comuns do novo empreendedor é encarar cada cliente como uma carteira recheada de notas.

 

 

 

Os teus esforços de venda não devem ser dirigidos à carteira do teu cliente, mas sim à cativação da sua pessoa, da sua mente.

 

 

Deves procurar perceber intimamente os teus clientes, as particularidades que os diferenciam, os fatores culturais e sociais que os rodeiam. A perceção de todos estes fatores fará de ti um empreendedor mais capacitado e ciente dos teus objetivos.

 

 

É claro que é mais fácil escrever “deves tentar vender através das emoções e do conhecimento e não de técnicas agressivas”; “deves conhecer os teus cliente-tipo melhor do que ninguém”, do que concretizar.

 

Mas é para isso que serve a formação. É para isso que o caminho já foi “desbravado” por outros que nos abriram o caminho

 

O domínio desta arte é algo que apenas conquistarás com o tempo e com a experiência. Mas ao partires desde logo com estas noções, estarás mais perto de atingir este objetivo.

 

O único atalho que existe, é encontrares o veículo certo. Eu encontrei o meu. Chama-se EMPOWER NETWORK!

 

Podes fazer O TEU REGISTO AQUI

 

 

Forte abraço!

As 3 Super Dicas Para O Sucesso

Todos nós queremos ser bem-sucedidos e desfrutar das nossas vidas, mas infelizmente isso não acontece com todos.

 

A maioria das pessoas querem ser vencedores, mas, muitos permanecem no mesmo lugar. E perguntam-se qual é o segredo para o crescimento pessoal? Existe alguma fórmula para se ter sucesso na vida? Qual é a chave para esta realidade?

 

A fórmula mágica para o sucesso não existe. O Sucesso e o crescimento pessoal são uma soma de metas e ações estratégicas para alcançar essas metas.

 

 

O sucesso não é uma possibilidade, é uma escolha.

 

 

Aqui ficam 3 dicas práticas para alcançares o sucesso através do crescimento pessoal:

 

  1. Pensamento positivo. Captura e elimina os pensamentos negativos. Estes pensamentos negativos impedem-te de alcançares os teus objetivos, a felicidade e o sucesso. Se estás constantemente a pensar sobre aquilo que não tens em vez de pensares sobre aquilo que queres muito, há uma forte probabilidade de que isso influencie as tuas ações.
    Para seres bem-sucedido, precisas de alinhar os teus pensamentos com os teus objetivos.

 

 

  1. Confiança. Quando estás confiante, tornas-te um íman para o sucesso. Não é á toa que se diz muitas vezes: – Cuidado com aquilo que pensas!

    A autoconfiança é a chave para o sucesso em todas as áreas da vida. Podes ver neste artigo algumas estratégias para aumentares a tua autoconfiança.

 

 

  1. Tomar medidas. Colocar ação. Este é um passo essencial para ser bem-sucedido. Pensa em todas as coisas que deves fazer para atingires os teus objetivo. Basta começar a fazê-las, não importa a dimensão ou a dificuldade. Cada centímetro que avanças ficas mais perto do teu objetivo.

 

Não ter sucesso é simples.

Mas o sucesso e crescimento pessoal exigem trabalho árduo.

 

Algumas pessoas querem alcançar a liberdade financeira enquanto outras podem querer encontrar um verdadeiro amor ou melhorar o relacionamento existente.

 

 

Para se viver uma vida em grande é muito importante conhecer as leis que regem o sucesso. Estas dicas vão produzir uma verdadeira melhoria em qualquer área da tua vida. Só precisas de dominar estes passos para começares a atrair o sucesso na tua vida!

Forte abraço!

 

P.S: Dá agora mesmo um passo para o teu sucesso => REGISTA-TE