O Samurai e o Monge

monge samurai

 

“Ninguém recebe sapiência, é preciso descobri-la por si próprio”
– Marcel Proust

 

Um dia um samurai foi ver um monge e disse-lhe:

– Monge, ensina-me coisas sobre o céu e o inferno.

O monge levantou os olhos em direção ao enorme samurai e respondeu:

– Ensinar-te a ti sobre o céu e o inferno? Deves achar-te alguém de extraordinário, estás sujo, cheiras mal, o teu sabre está ferrugento. Quem é que poderia contratar um samurai como tu? És repugnante e tolo, vai-te embora daqui!

Os músculos do pescoço do samurai crisparam-se e as suas veias quase que rebentam de raiva, o samurai num gesto rápido e preciso saca do seu sabre para matar o monge.

No mesmo instante em que o samurai se prepara para separar a cabeça do corpo do monge, este olha para o samurai e diz-lhe:

– Isto é o inferno

O samurai compreendeu então que o monge quase sacrificou a sua vida para lhe dar este ensinamento, ficou de tal forma impressionado pela coragem e compaixão que o monge acabara de fazer prova, que guardou o seu sabre e se curvou perante este em sinal de respeito e apreciação pelo magnífico gesto do monge e disse:

– Nem acredito no que acabaste de fazer, arriscaste a tua vida para me ensinares.

O monge respondeu-lhe:

E isto é o céu.

Autor: oliviercorreia

Sou um tipo bem disposto. Um pai de família. Há pouco mais de uma ano atrás, resolvi dizer basta ao emprego tradicional e a passar 10 horas por dia fora de casa, longe de quem amo. Hoje conquistei a minha liberdade, quer de tempo, quer financeira. Trabalho a partir de casa na Internet, faço o meu próprio horário e não dependo de patrões nem empregados. O meu foco principal é ajudar outros a fazerem o mesmo, ensinando-lhes as competências necessárias para tal. Se te interessa este estilo de vida e um rendimento bem acima da média, contacta-me.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *