O Ténue Equilíbrio do Empreendedorismo

equilibrio

Quando pensamos em empreender, somos muitas vezes levados a pensar numa vida repleta de riscos, com ganhos e perdas constantes e armadilhas em cada esquina.

Há até quem pense que a vida do empreendedor se assemelha à vida dos antigos gladiadores romanos, já que podemos ter que lutar contra concorrentes implacáveis. Mas será que esta ideia é real? Será que todos os empreendedores vivem desta forma?

 

 

Para dizer a verdade, a esmagadora maioria dos empreendedores nunca terá que se debater de forma tão acirrada com a sua concorrência, a sua “luta” é feita de forma diferente. Quase todos os negócios dependem das análises, decisões e avaliações dos clientes.

 

Isto significa que a maioria dos negócios vive numa constante e eterna exposição a fatores como: avaliações emocionais, alterações comportamentais ou simplesmente à evolução da postura social.

 

Adicionalmente, é necessário compreender que a sociedade está em constante evolução e transformação. As técnicas de venda que resultavam na perfeição há 20, ou até há 10 anos atrás já não resultam.

 


 

 

 

Hoje, qualquer que seja o produto que estás a vender, deves ter a capacidade de impressionar o cliente nos múltiplos vetores que ele considera importantes. A tua mensagem deve ser apelativa do ponto emocional, mas tem que ser forte o suficiente para fazer sentido do ponto de vista racional. E claro, é necessário que o cliente considere que o investimento faz também sentido material, ou seja, que tem realmente valor.

 

 

Se olharmos para todos estes pressupostos, podemos facilmente antecipar que “vender” é realmente uma tarefa complexa. Como é que o podemos fazer, sem forçar, nem melindrar os potenciais clientes?

 

 

 

emails

 

 

 

Vender Sem Forçar

 

Como empreendedor, deves perceber desde logo que não adianta tentar utilizar clichés batidos e fórmulas mais gastas. O público já viu tudo isso, já está vacinado contra vendas agressivas.

 

 

Hoje, vender é como tecer um jogo de sedução, discreto, mas emotivo e elegante. Tens que tentar que o teu produto ou serviço se destaque da massa cinzenta e banal que é o mercado de consumo. Tocar nas emoções do cliente é o ponto de partida para passar para as restantes fases: análise racional e finalmente a decisão de comprar.

 

 

Um dos erros mais comuns do novo empreendedor é encarar cada cliente como uma carteira recheada de notas.

 

 

 

Os teus esforços de venda não devem ser dirigidos à carteira do teu cliente, mas sim à cativação da sua pessoa, da sua mente.

 

 

Deves procurar perceber intimamente os teus clientes, as particularidades que os diferenciam, os fatores culturais e sociais que os rodeiam. A perceção de todos estes fatores fará de ti um empreendedor mais capacitado e ciente dos teus objetivos.

 

 

É claro que é mais fácil escrever “deves tentar vender através das emoções e do conhecimento e não de técnicas agressivas”; “deves conhecer os teus cliente-tipo melhor do que ninguém”, do que concretizar.

 

Mas é para isso que serve a formação. É para isso que o caminho já foi “desbravado” por outros que nos abriram o caminho

 

O domínio desta arte é algo que apenas conquistarás com o tempo e com a experiência. Mas ao partires desde logo com estas noções, estarás mais perto de atingir este objetivo.

 

O único atalho que existe, é encontrares o veículo certo. Eu encontrei o meu. Chama-se EMPOWER NETWORK!

 

Podes fazer O TEU REGISTO AQUI

 

 

Forte abraço!

Autor: oliviercorreia

Sou um tipo bem disposto. Um pai de família. Há pouco mais de uma ano atrás, resolvi dizer basta ao emprego tradicional e a passar 10 horas por dia fora de casa, longe de quem amo. Hoje conquistei a minha liberdade, quer de tempo, quer financeira. Trabalho a partir de casa na Internet, faço o meu próprio horário e não dependo de patrões nem empregados. O meu foco principal é ajudar outros a fazerem o mesmo, ensinando-lhes as competências necessárias para tal. Se te interessa este estilo de vida e um rendimento bem acima da média, contacta-me.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *