O Ténue Equilíbrio do Empreendedorismo

Quando pensamos em empreender, somos muitas vezes levados a pensar numa vida repleta de riscos, com ganhos e perdas constantes e armadilhas em cada esquina.

Há até quem pense que a vida do empreendedor se assemelha à vida dos antigos gladiadores romanos, já que podemos ter que lutar contra concorrentes implacáveis. Mas será que esta ideia é real? Será que todos os empreendedores vivem desta forma?

 

 

Para dizer a verdade, a esmagadora maioria dos empreendedores nunca terá que se debater de forma tão acirrada com a sua concorrência, a sua “luta” é feita de forma diferente. Quase todos os negócios dependem das análises, decisões e avaliações dos clientes.

 

Isto significa que a maioria dos negócios vive numa constante e eterna exposição a fatores como: avaliações emocionais, alterações comportamentais ou simplesmente à evolução da postura social.

 

Adicionalmente, é necessário compreender que a sociedade está em constante evolução e transformação. As técnicas de venda que resultavam na perfeição há 20, ou até há 10 anos atrás já não resultam.

 


 

 

 

Hoje, qualquer que seja o produto que estás a vender, deves ter a capacidade de impressionar o cliente nos múltiplos vetores que ele considera importantes. A tua mensagem deve ser apelativa do ponto emocional, mas tem que ser forte o suficiente para fazer sentido do ponto de vista racional. E claro, é necessário que o cliente considere que o investimento faz também sentido material, ou seja, que tem realmente valor.

 

 

Se olharmos para todos estes pressupostos, podemos facilmente antecipar que “vender” é realmente uma tarefa complexa. Como é que o podemos fazer, sem forçar, nem melindrar os potenciais clientes?

 

 

 

emails

 

 

 

Vender Sem Forçar

 

Como empreendedor, deves perceber desde logo que não adianta tentar utilizar clichés batidos e fórmulas mais gastas. O público já viu tudo isso, já está vacinado contra vendas agressivas.

 

 

Hoje, vender é como tecer um jogo de sedução, discreto, mas emotivo e elegante. Tens que tentar que o teu produto ou serviço se destaque da massa cinzenta e banal que é o mercado de consumo. Tocar nas emoções do cliente é o ponto de partida para passar para as restantes fases: análise racional e finalmente a decisão de comprar.

 

 

Um dos erros mais comuns do novo empreendedor é encarar cada cliente como uma carteira recheada de notas.

 

 

 

Os teus esforços de venda não devem ser dirigidos à carteira do teu cliente, mas sim à cativação da sua pessoa, da sua mente.

 

 

Deves procurar perceber intimamente os teus clientes, as particularidades que os diferenciam, os fatores culturais e sociais que os rodeiam. A perceção de todos estes fatores fará de ti um empreendedor mais capacitado e ciente dos teus objetivos.

 

 

É claro que é mais fácil escrever “deves tentar vender através das emoções e do conhecimento e não de técnicas agressivas”; “deves conhecer os teus cliente-tipo melhor do que ninguém”, do que concretizar.

 

Mas é para isso que serve a formação. É para isso que o caminho já foi “desbravado” por outros que nos abriram o caminho

 

O domínio desta arte é algo que apenas conquistarás com o tempo e com a experiência. Mas ao partires desde logo com estas noções, estarás mais perto de atingir este objetivo.

 

O único atalho que existe, é encontrares o veículo certo. Eu encontrei o meu. Chama-se EMPOWER NETWORK!

 

Podes fazer O TEU REGISTO AQUI

 

 

Forte abraço!

Os 5 Pilares Fundamentais do Empreendedorismo

Começar um negócio de sucesso é muito mais do que encontrar um bom produto e colocá-lo no mercado. Ser empreendedor não é uma tarefa fácil e por isso é necessário seguir religiosamente algumas regras, que podemos chamar: os 5 pilares fundamentais do empreendedorismo.

 

Se procuras algumas luzes que possam servir de inspiração e que te coloquem no caminho certo, então deves entranhar estes princípios e aplicá-los em todos os momentos do teu novo caminho.

 

Não penses que o sucesso enquanto empreendedor irá nascer de apenas da intuição, ou de mera sorte. Para construíres um negócio de sucesso terás que ser tu a erguê-lo, pedra a pedra. Fica então com estes 5 pilares fundamentais do empreendedorismo.

 

 

Os 5 pilares fundamentais do empreendedorismo

 

 

 

  1. Mentalidade Certa

 

 

O bom empreendedor deve começar por fortalecer a sua mente. Uma mentalidade focada e determinada é fundamental para alcançar o sucesso.

 

Como empreendedor deves compreender que mais importante do que qualquer ferramenta é a tua perceção sobre a sua função, importância e impacto no desenvolvimento do teu negócio.

 

Muitos potenciais empreendedores valorizam excessivamente a importância das ferramentas e das técnicas, quando o mais importante é ter princípios sólidos e força mental.

 

Resumindo: não procures o sucesso em ferramentas ou técnicas desenvolvidas por terceiros. Analisa e compreende essas informações, por forma a retirares o que realmente poderá ser útil.

 

 

 

  1. Compreende a Metodologia

 

 

Ter um plano de negócios não é suficiente. Deves compreender na plenitude a metodologia que suporta o teu plano de negócios, pois só assim poderás implementar todos os passos necessários para a obtenção de sucesso.

 

Perceber a metodologia e ter uma ideia sólida sobre o caminho que se pretende trilhar é essencial para almejar o sucesso a longo prazo e para superar eventuais dificuldades que possam surgir no teu caminho.

 

Neste fundamento é fulcral compreenderes que deves acima de tudo investir na tua formação, educação e aquisição de novas competências.

 

Neste campo, o maior atalho que conheço são sem dúvida os cursos da Empower Network, que podes COMPRAR AQUI NA TOTALIDADE.

 

Alguns poderão dizer que são caros…eu acho muito barato, tendo em conta que uma licenciatura em Marketing com mestrado de especialização pode custar mais de 30 mil euros, já para não falar dos 5 anos necessários!

 

Aqui fazem-se planos a 90 dias e com um investimento de $5.200 dólares, garantes no primeiro mês um retorno de $10.000, escalando o negócio mês após mês, podendo atingir em 90 dias um rendimento de $30 mil dólares mensais…a mim parece-me bem 🙂

 

 

 

 

  1. Estabelece uma rotina

 

 

Até podes estar a pensar – Estabelecer uma rotina? Mas eu quero ser empreendedor exatamente para terminar com os dias de rotina!”.

 

Deixa-me explicar! Lá por não teres um patrão, nem um horário rígido, deves impor a ti mesmo um horário de trabalho, durante o qual te deves focar verdadeiramente nos teus objetivos.

 

Deves esforçar-te por seres produtivo e por evitares a procrastinação. A tua prioridade deve ser o teu negócio, porque o teu futuro depende disso.
Este ponto é essencial para quem é empreendedor digital e trabalha online. Não há nada pior do que a facilidade em nos dispersarmos na Internet enquanto trabalhamos. Eu aprendi isso da pior forma 🙂

 

 

 

  1. Enfrenta resolve os problemas

 

 

Eu gosto de lhes chamar obstáculos, ou melhor ainda degraus!

 

Se estás a abraçar o empreendedorismo com o objetivo de levares uma vida completamente tranquila e livre de obstáculos, o melhor é desistires já. No mundo do empreendedorismo, os desafios vão aparecer inevitavelmente, porque não há negócios perfeitos nem caminhos sem pedras.

 O que irá ditar se alcanças o sucesso ou não é a tua capacidade de enfrentar e superar os problemas. O teu negócio não está a prosperar como esperavas? Estás a receber algumas reclamações, não consegues fazer vendas?

 

Analisa o que tens feito de errado e corrige esses erros. No mundo dos negócios podes e deves melhorar todos os dias.

 

 

 

  1. Procura (boas) parcerias

 


Eu escolhi os meus mentores, olhei à minha volta e tentei perceber quem eram aquelas pessoas que já estavam a ter os resultados que eu queria para mim.

 

Depois disso é fácil…não tens que pedir ninguém em namoro hehe, tens apenas que te aproximar dessas pessoas e criar com elas uma relação de amizade e confiança. Garanto-te que será gratificante para ambas as partes!

 

Obter o sucesso sozinho poder ser difícil e por isso é sempre útil procurar estabelecer boas parcerias em que ambas as partes lucram.

 

Se encontrares parceiros de negócios que demonstrem poder adicionar algo de positivo ao teu negócio, não hesites em estabelecer uma parceria, uma relação profissional e até transformar essa relação em amizade.

 

 

Aplica estes 5 princípios no teu quotidiano de trabalho e ficarás certamente mais perto do sucesso.

 

 

COMEÇA HOJE MESMO

 

 

VÊ ESTE VÍDEO E REGISTA-TE