BAM! Mais Uma Pedrada da Vida

Que o medo ceda à doce lentidão do elenco da vida que nutre a tua carne.
Danis Bois

 

Um jovem e talentoso homem de negócios, passeava-se no seu novo Jaguar num bairro tranquilo. Ia um pouco depressa demais, quando de repente…

 

 

Uma pedra pulverizou-se literalmente contra a porta do condutor.

Depois de uma travagem brusca, o carro recuou até onde a pedra tinha sido lançada e completamente enraivecido, o homem salta do carro e apanhou a primeira criança que viu.

Porque fizeste isso? Sabes quanto vou ter que pagar por esta porta?

O jovem derreteu-se em desculpas e com as lágrimas a correrem-lhe pelo rosto apontou para o chão entre dois carros estacionados e disse:

– Por favor senhor, peço imensas desculpas mas não sabia o que fazer. Mandei a pedra porque ninguém parava…aquele é o meu irmão, deitado no chão. Caiu da sua cadeira de rodas e eu não tenho forças para o sentar de novo. Pode ajudar-me a coloca-lo de novo na sua cadeira de rodas?

Comovido e sem palavras, o condutor apressou-se em ajudar o jovem que ali estava deitado no chão. Pegou no seu lenço e limpou as feridas do jovem, ensopando os arranhões que tinha feito ao cair da cadeira.

– Obrigado e que Deus o abençoe, disse o irmão que tinha atirado a pedra.

 

Demasiado comovido para poder dizer fosse o que fosse, o homem observou simplesmente a criança, que empurrava a cadeira de rodas do irmão, até ao fim da rua.

 

 

Entrou lentamente no seu jaguar. Os danos na porta eram muito aparentes mas o homem decidiu não mandar arranjar a porta. Deixou-a estar tal e qual como estava, a fim de se lembrar desta mensagem:

 

Não passes a vida a correr, de tal forma a que alguém tenha que te mandar uma pedra para ter a tua atenção!

 

A vida murmura às nossas almas e fala ao nosso coração, por vezes não temos tempo de a ouvir…então ela encarrega-se de nos mandar pedras.

 

A escolha é nossa…ou ouvimos a vida…ou não.

 

E tu? Ouves a vida? Estás atento às oportunidades que ela te dá?

 

Aqui te deixo então uma oportunidade única..a oportunidade de teres o teu próprio negócio na Internet…por apenas $1 dólar…vais poder fazer o teu registo e ainda te ofereço 1 mês de afiliação gratuita. 🙂

 

REGISTA-TE AQUI POR $1 (esta promoção pode desaparecer a qualquer momento)

 

Forte Abraço!

A Ciência de Deus

Não é a luz que morre ao contacto com as trevas, são as trevas que morrem ao contacto com a luz.

– Omar Khayyâm

 

Um professor universitário desafiou um dia os seus alunos com esta pergunta:

– Deus criou tudo o que existe?

Um dos estudantes responde orgulhosamente: «Sim, claro que criou!»

 
O professor responde então:

– Se Deus criou tudo, também criou o mal. Então se o mal existe e foi criado por Deus, significa que Deus é mau.

 

 

O estudante permaneceu calado diante de tal resposta.

O professor “pavoneava-se” orgulhoso dele próprio por ter provado uma vez mais aos seus alunos que a fé não passava de um mito.

 

 

Um outro estudante levantou o braço e disse:

– Posso colocar-lhe uma pergunta professor?

 

– Claro que sim respondeu este.

 

– Professor, o frio existe?

 

– Que raio de pergunta é essa? Claro que existe. Você nunca teve frio?

 

– Na realidade professor, o frio não existe. Segundo a lei da física, aquilo que consideramos frio, é de facto a ausência de calor.

Todo o individuo ou objeto possui ou transmite energia. O calor é produzido por um corpo ou matéria que transmite energia. O zero absoluto (-273,15 °C) é a ausência total de calor.

O frio não existe. O Ser Humano criou esta palavra para descrever aquilo que sentimos na ausência de calor.

 

O estudante continua:

– Professor, a escuridão também existe?

 

– Claro que existe!

– Mais uma vez está enganado professor, a obscuridade não existe. Na realidade o escuro é a ausência de luz. Podemos estudar a luz, mas não podemos estudar o breu

Podemos utilizar o prisma de Newton para fragmentar a luz branca em várias cores e estudar os diferentes comprimentos de onda de cada cor. Mas não podemos medir a escuridão.

Um simples raio de luz pode irromper numa vasta escuridão e iluminá-lo. Como pode saber o espaço que ocupa a escuridão? Medimos a quantidade de luz presente, isso sim, não é verdade?

A escuridão não passa de um termo utilizado pelo Homem para descrever o que acontece na ausência de luz.

 

Finalmente, o jovem pergunta ao professor:

– Professor, e o mal? Existe?

 

– Claro que sim, aliás já o disse anteriormente. O mal vê-se por todo o lado todos os dias. Está nos exemplos do quotidiano o Homem ser desumano com o próprio Homem. Vê-se na multitude de crimes e de violência praticada um pouco por todo o lado.

– Não professor…o mal não existe! Ou melhor, não existe por ele mesmo. O mal é apenas a ausência de Deus em si. É como a escuridão e o frio, uma palavra que o Homem criou para designar a ausência de Deus nele mesmo.

Deus não criou o mal. O mal não é como a fé ou o amor, que existem tal como a luz e o calor. O mal é o resultado que acontece quando o Homem não amor no seu coração. É como o frio que aparece na ausência de calor ou a escuridão na ausência de luz.

 

O professor sentou-se

 

O aluno chamava-se Albert Einstein.

 

Possivelmente já conhecias esta história, no entanto não quis deixar de a contar, pois serve de referência para muitas verdades escondidas e muitas falsas crenças, mas é sobretudo uma lição de conhecimento e humildade.

 

Se gostas de desenvolvimento pessoal aconselho-te um fantástico curso em audio e vídeo, o INNER CIRCLE

VÊ AQUI TODA A INFORMAÇÃO

Conheces As Tuas Próprias Competências?

Como Fazer O Inventário das Tuas Competências

 

Para fazeres o inventário das tuas competências deves seguir 4 eixos de reflexão.

 

Geralmente ouvimos falar do inventário das competências, quando se trata de evoluir na carreira, mudar de profissão ou reorientar-se profissionalmente.

Contudo, a noção de competência em si, não se limita às tarefas realizadas no quadro do trabalho. A noção de competência é bem mais ampla do que isso.

 


Diariamente e em permanência, todos nós mobilizamos no nosso quotidiano, numerosas competências, sem mesmo nos apercebermos disso.
Acredita! Sabes fazer muitas coisas que os outros não sabem!

 

Achas que todos sabem de bricolage, organizar um evento ou até uma viagem?…Sabem fazê-lo porque é fácil para ti?

 

As competências que mobilizamos numa base diária, são a nossa força distintiva. Um trunfo do qual podemos tirar proveito e até monetizá-lo. Daí a importância de bem o identificarmos, através de um inventário de competências.

 

 

Porque deves fazer um inventário de competências?

 

 

Hoje proponho-te fazeres o ponto da situação das tuas competências a fim de:

 

 

– Tomares consciência de que a soma dos teus conhecimentos e competências é muito mais extensa, do que aquilo a que és levado(a) a creditar no quotidiano.

 

– Tomares consciência do conjunto de competências que podes mobilizar, mas que não utilizas forçosamente. De facto, o meio no qual evoluímos, determina muitas vezes as competências que mobilizamos. Limita-nos. Mas tu és muito mais do que isso!

 

 – Aumentares a tua autoconfiança através do autoconhecimento e da “força dos teus trunfos”. Isto vai permitir que te afirmes e que ouses empreender projetos que realmente queres para ti.

 

– Vais conseguir fazer o balanço das tuas competências, desenvolvendo uma visão que engloba o conjunto dos aspetos da tua vida.

 

 

Este exercício vai permitir que faças uma reflexão sobre o teu “know-how” e competências adquiridas ao longo do tempo ou transmitidas pelos teus próximos.

 

 

Estás pronto(a)? Comecemos então.

 

Pega em várias folhas de papel ou num caderno (eu gosto daqueles de capas duras), para listares todas as competências em função das categorias que te vou indicar nos parágrafos seguintes.

 

[fancy_box id=1]Convido-te a “cavares” em profundidade, não te limites aquelas competências que parecem mais evidentes. Faz apelo às tuas memórias e a situações concretas, onde consigas identificar que foi naquele ponto que adquiriste aquele saber ou aquela competência.[/fancy_box]

 

Primeiro eixo do inventário das competências.


As competências adquiridas no quadro escolar.

 

O primeiro eixo é tradicional e assenta na aprendizagem escolar e nos diplomas e “canudos” que obtiveste.
Que competências retiras dos teus estudos?
Algumas competências são específicas e ligadas às áreas que estudaste (competências técnicas).

 

Outras são ao contrário, mais generalistas e mobilizáveis em circunstâncias muito diferentes (competências transversais).

 

Pensa naquelas atividades que fizeste que eram extra escolares, aquelas que te permitiram adquirires competências complementares (atividades associativas, organização de eventos culturais, desporto, explicações ou apoios de qualquer espécie, ocupação de tempos livres, etc…)

 

Para te dar um exemplo, no meu caso foi o Judo, o Xadrez, a Música e a Leitura.
Mas o teu inventário de competências não se limita apenas a isto…

 

 

Segundo eixo do inventário das competências.
As competências anexas á tua profissão

 

No teu emprego, profissão ou trabalho, mobilizas um determinado número de competências técnicas próprias inerentes ao teu posto de trabalho.
Já paraste para pensares em todas as atividades que realizas para além daquelas que foste contratado?
Gostaria que dirigisses a tua procura pelas tuas competências, para todas estas atividades anexas.
emails

 

 

 

Dou-te alguns exemplos:

Um fulano que trabalha num gabinete como ajudante de contabilista ou estagiário. Pode acontecer-lhe que fique momentaneamente responsável por atender e redirecionar as chamadas telefónicas da empresa enquanto a colega se ausentou.

Para além de estar a aprender e a adquirir as competências de contabilista ou técnico oficial de contas, esta pessoa possui competências de comunicação oral e de relações com clientes.
Um técnico assalariado de uma pequena empresa. Quando o chefe se ausenta por razões pessoais ou por causa de uma deslocação necessária á empresa, este pode ver-se na necessidade de gerir a atividade, de responder e orientar os colegas, etc. Sem se aperceber está assim a desenvolver competências de liderança.

 

Pensa em tudo aquilo que fazes para além da tua função oficial no teu local de trabalho.
O teu grau académico e a tua profissão podem revelar algo sobre ti, mas o balanço das tuas competências é muito mais do que isso!

 

Terceiro eixo do inventário das competências.

 

As tuas competências adquiridas no exercício das tuas paixões e atividades pessoais

 


Gostas de cozinhar, pintar ou entreter-te na horta?

Todas as tuas atividades pessoais permitem-te também, desenvolveres competências. Se se tratar de uma paixão, aposto até que adquiriste grandes competências no assunto!
Podes não ter esta consciência, mas se fores tesoureiro de uma associação e que todos os anos apresentas as contas a uma assembleia geral, estás a mobilizar competências em comunicação oral.
Se gostas de jardinar na horta, se preparas as tuas sementeiras e calculas os períodos de colheita, estás a mobilizar competências organizacionais.

 

 

Pode parecer óbvio para ti, porque talvez os teus pais, ou os teus avós já jardinavam e te mostraram como fazer. Mas no entanto a tua capacidade de organização é preciosa e permite-te a cada ano que possas desenvolver a tua horta.

 

Aqui normalmente começamos a estar bem avançados nesta reflexão.

 

Mas será que acabámos?

 

Não  🙂

 

Quarto eixo do inventário das competências.

As competências pelas quais és reconhecido(a)

 

As pessoas lembram-se de ti porque sabem que és tu que dominas a informática, que tens “mão” para a culinária, que sabes preencher todo o tipo de documentos administrativos, que és bom ouvinte, que sabes exprimir uma ideia, etc…

 

No entanto, não é a tua paixão, nem a tua profissão.

 

Reflete acerca daquelas pessoas à tua volta que mais te solicitam, interroga-te sobre o valor que lhes dás pelas tuas competências.

 

No final deste exercício terás 4 listas. Reagrupa todas as competências que identificaste a fim de constituíres o teu portfolio.

 

[fancy_box id=1]

Este inventário vai permitir-te falares das tuas competências aquando de uma procura de emprego, quando quiseres mudar de profissão, quando fores escrever o teu currículo. Fará certamente uma diferença enorme em relação a outro candidato que se tenha contentado em listar as suas experiências profissionais e académicas sem ter feito este exercício.

Poderá até mesmo servires-te deste inventário quando duvidares de ti mesmo!

[/fancy_box]

 

 

A título pessoal, a identificação de todas as tuas competências é uma ferramenta igualmente preciosa para dares um passo atrás, tomares balanço e fazeres o ponto da situação. Vais sentir-te bem mais confiante para poderes empreender os teus projetos.

 

Não hesites em refazer periodicamente este inventário a fim de colocares em dia o teu portfolio de competências e perceberes a tua própria evolução.

 

Gostaste deste artigo? Foi de alguma forma útil para ti?

 

Não hesites em partilhá-lo nas redes sociais e/ou a deixar o teu comentário mais abaixo  🙂 

 

Forte Abraço

 

Olivier Correia

 

GOSTARIAS DE GANHAR DINHEIRO COM UM BLOG?

 

ESCREVER SOBRE AQUILO QUE GOSTAS?

 

CLICA AQUI!

Cristiano Ronaldo – Não é Trabalho é Paixão (parte 2)

Na primeira parte deste artigo (se ainda não leste a primeira parte deste artigo, podes fazê-lo aqui) mostrei como podemos usar uma personalidade famosa como exemplo de inspiração para quem pretende tornar-se um empreendedor de sucesso.

Escolhi o Cristiano Ronaldo como fonte de inspiração, por se tratar de alguém que todos conhecem e que tem uma história de vida que deve ser conhecida por todos.

 

Como outras pessoas que ousaram desafiar os seus próprios limites com o objetivo de conquistar o topo da sua área profissional, também Cristiano Ronaldo possui algumas caraterísticas que o ajudam a posicionar-se onde está hoje.

 

Falámos sobre a forma como Cristiano lutou contra um destino que parecia estar traçado e que iria conduzir certamente a uma existência modesta e de como ele teve a capacidade de ultrapassar os obstáculos que surgiram quando ainda estava a dar os primeiros passos na sua carreira.

 

Mas há outros aspetos da carreira e da personalidade deste grande jogador que te podem úteis no teu percurso para atingires os teus objetivos. Vamos então continuar a nossa análise.

 

 

 

As Caraterísticas Que Conduziram Cristiano Ronaldo Ao Sucesso

 

 

3 – Continuar Sempre a Evoluir 

 

Cristiano Ronaldo chegou ao Sporting como um diamante em bruto.

 

Neste clube português trabalhou arduamente durante a adolescência e tornou-se num extremo e veloz tecnicista. 
Quando aos 18 anos se mudou para o Manchester United foi obrigado a evoluir física e taticamente. Ganhou massa muscular e tornou-se num jogador mais eficiente, algo essencial para ter sucesso em Inglaterra.

 

 

Quando se transferiu para o Real Madrid estava no topo da sua carreia, já havia conquistado diversos títulos pelo seu clube e tinha recebido a sua primeira Bota de Ouro, mas não foi isso que travou o seu desejo de continuar a evoluir.

 

No clube espanhol passou a jogar mais perto da baliza adversária e desenvolveu uma capacidade concretizadora sem paralelo no futebol mundial, esmagando recorde atrás de recorde.

 

Este é um exemplo especialmente importante na área do empreendedorismo, pois os empresários que são capazes de se reinventar são aqueles que conseguem chegar a um patamar mais elevado.

 

A lição que deves retirar deste exemplo é simplesmente: quando atinges um objetivo não relaxes, estabelece uma meta ainda mais elevada e trabalha para conseguires alcançá-la.

 

 

4 – Define o Teu Objetivo 

 

 Ainda na sua infância, Cristiano definiu o seu objetivo: tornar-se no melhor jogador do mundo. Esta afirmação poderia parecer utópica para todos aqueles que o rodeavam, mas Cristiano não descansou enquanto não alcançou a sua meta.

 

Esta mentalidade de almejar o topo é comum a outros desportistas de elite. O famoso jogador de ténis Novak Djokovic também começou a afirmar aos 8 anos que seria o melhor tenista do mundo.

 

 

Este desejo de ser o melhor e de ficar na história de um desporto é a força matriz que ajuda muitos atletas a transcenderem-se e a quebrar barreiras que para uma pessoa comum são inultrapassáveis.

 

 

5 – Aprender a Lidar Com a Pressão

 

 Desde muito cedo que Cristiano Ronaldo aprendeu a lidar com a pressão. Ainda adolescente, ele tornou-se um alvo a abater para os jogadores e adeptos das equipas rivais e habituou-se desde logo a jogar em ambientes hostis.

 

 

Ao longo do teu percurso também irás enfrentar algumas situações de pressão. Não conseguimos nunca agradar a todos. Pode aparecer alguém que não está completamente satisfeito com o teu trabalho, ou podes por exemplo, sentir dificuldades em atingir os teus objetivos.

 

Conseguir enfrentar todas as situações de pressão que possam surgir é indispensável.

 

 

Segue Estes Ensinamentos e Conquista o Topo

 

Se como o Cristiano Ronaldo encarares o teu trabalho com paixão, tenho a certeza que também tu conseguirás evoluir e melhorar de forma constante, nunca perdendo de vista os teus objetivos.

 


E sei também que se tiveres o veículo certo, a equipa certa e os mentores certos…nada te poderá parar!

Regista-te aqui e começa hoje a fazer parte de uma equipa que te vai literalmente “levar ao colo” para que sejas bem sucedido.

Cristiano Ronaldo – Não É Trabalho É Paixão (Parte 1)

Além de ser um dos melhores jogadores de futebol do mundo, Cristiano Ronaldo é um excelente exemplo para todos os que querem entrar na área do empreendedorismo.

Quem tem acompanhado de forma próxima a carreira do nosso craque, certamente não fica admirado com esta menção num blog dedicado ao empreendedorismo e desenvolvimento pessoal.

Para quem não acompanha minimamente o futebol, deixo um esclarecimento que serve como introdução para este a artigo: Cristiano Ronaldo é constantemente elogiado pelos atuais e antigos colegas e treinadores devido à sua dedicação ao trabalho e vontade insaciável em melhorar.

Para Cristiano, chegar ao topo não foi suficiente. Quando acedeu aos patamares mais altos do futebol mundial, não hesitou em traçar um novo objetivo: alcançar a imortalidade, batendo recorde atrás de recorde.



Devido ao seu perfil ambicioso e à capacidade que sempre demonstrou de melhorar e de atingir objetivos cada vez mais ambiciosos, Cristiano Ronaldo é hoje estudado por muito empreendedores.

 

É claro que os empresários que procuram inspiração no Cristiano Ronaldo não pretendem aprender as suas fintas, nem os segredos para a sua eficácia. Desejam sobretudo perceber como é que ele conseguiu superar-se de forma repetida e ultrapassar todos os desafios que surgiram no seu percurso profissional.

 

 

As Características Que Conduziram Cristiano Ronaldo Ao Sucesso

 

 

O empenho e a vontade de singrar são características que CR7 evidenciou desde muito novo. Foi no início da sua adolescência que Cristiano percebeu que só seria melhor do que os seus colegas e adversários se trabalhasse mais do que todos eles.

 

O seu sucesso começou nesse momento, mas teve várias etapas. Vejamos o que diferencia este jogador “de outro planeta”, de todos os outros.

 

  1. Não Se Ter Resignado A Um Destino Que Parecia Traçado

Cristiano Ronaldo nasceu no seio de uma família pobre. Os seus pais eram pobres e Ronaldo cresceu sem acesso aos mesmos brinquedos e condições que os seus amigos tinham. O seu brinquedo favorito era mesmo uma bola de futebol que o acompanhava para todo o lado.

 

 

Mas a ausência de condições nunca o impediu de cimentar o seu sonho de se tornar jogador profissional de futebol. Passou horas incontáveis a jogar com os outros miúdos do seu bairro e quando não tinha ninguém por perto jogava sozinho, fazendo passos contra a parede.

 

Transpondo este espírito para a realidade do futuro empreendedor, a perseverança de Cristiano Ronaldo mostra-nos que “a falta de condições” não pode ser desculpa. Atualmente não precisamos de muito para montar um negócio. Um computar ligado à Internet pode ser o ponto de partida para algo grandioso.

 

 

  1. Ultrapassar os Obstáculos

Cristiano Ronaldo deixou a Madeira para rumar ao Sporting com apenas 11 anos. Subitamente, viu-se longe de toda a sua família, num ambiente totalmente desconhecido. Os primeiros tempos do jogador na Academia do Sporting foram complicados, não só devido às saudades da família, mas também porque os outros meninos brincavam com o seu sotaque madeirense acentuado.

 

Apesar de chorar quase diariamente, Cristiano conseguiu superar as saudades de casa e rapidamente conseguiu impor-se junto dos seus clubes, muito por culpa da sua qualidade e da sua dedicação ao trabalho. Mais tarde, CR7 afirmaria que os obstáculos com que se deparou no início da carreira contribuíram para que ele amadurecesse mais rapidamente do que os seus colegas, algo que foi essencial na sua evolução.

 

Irás certamente encontrar alguns obstáculos no teu percurso, mas não deves permitir que o teu desenvolvimento pessoal e profissional seja afetado pelo receio de enfrentá-los.

 

Estas são apenas algumas das características do Cristiano Ronaldo que merecem a pena ser estudadas por todos os candidatos a empreendedores. Na segunda parte deste artigo vamos analisar mais detalhes da carreira de CR7 que podem ajudar-te a melhorar enquanto empreendedor.

Fica atento à segunda parte deste artigo…muito em breve neste blog 🙂

 

 

Começa hoje mesmo o teu negócio online

FAZ O TEU REGISTO AQUI

 

 

Foi Só Um Pesadelo

Ontem enquanto estava de conversa com uns amigos, apercebi-me de algo terrível, que me deu pesadelos durante toda a noite!

Apercebi-me que há apenas 15 meses eu pensava como todas as pessoas pensam!

E em que é que isto é assustador pensas tu? Bem eu digo-te…

Eu pensava que ia ganhar entre 800 e 1200 euros por mês para o resto da minha vida,

Que iria de ter que trabalhar 8 a 12 horas por dia para o resto da minha vida,

Que iria ter que trabalhar um ano inteiro para poder ir uns dias de férias por ano…PARA O RESTO DA MINHA VIDA!

Á e claro…se por acaso aparecesse uma despesa extra, tal como um novo par de óculos ou um aparelho dentário para um dos meus filhos…bem…as férias ficariam para o ano seguinte.

Eu vou dizer-te honestamente…pensar nisto ARREPIA-ME!


Hoje tenho dias de ganhar aquilo que demoraria 8 meses a ganhar no meu ultimo trabalho!

Consegues imaginar? Ganhares num dia apenas aquilo que te levaria hoje 8 meses a fazê-lo!

Consegues sequer imaginar a tranquilidade que isso te traria?

Então deixa-me dizer-te algo:

Se o teu porquê, se o teu motivo pelo qual queres mudar de vida, sejam os teus filhos ou sejas tu próprio(a)…se essa razão for mais forte do que qualquer desculpa que possas dar…TU VAIS CONSEGUIR!

E eu e outras centenas de pessoas vamos estar cá para te levar literalmente ao colo nesta jornada!

Por isso REGISTA-TE AGORA MESMO, e assim que o faças contacta-me no skype: oliviercorreia1

Forte Abraço!

Se Acreditares…

Estava aqui a pensar e…

Parece que foi ontem
que percebi isto pela primeira vez…

Foi em Outubro de 2013.

Que tomei a minha decisão.

De ser o meu próprio patrão,
de trabalhar quando quero,
não quando tenho que.

De ter o meu próprio negócio…
…que se adapta a mim…e não
ao contrário.

O dia em que decidi ser livre…
…e nunca mais trabalhar para ninguém!

Foi isso mesmo que fiz!

Cortei os laços com um sistema
defeituoso, onde se ensinam as crianças
a irem à escola, ter boas notas e
arranjarem um emprego.

A verdade é que, para as pessoas que
seguem este modelo, quando chegam
aos 65 anos ou estão mortas ou falidas…

E são biliões de pessoas nesta situação
por este mundo fora…

A boa notícia é que…

Tu não precisas de ser uma delas!

Tu tens escolha!

Tu tens uma opção melhor…

Porque se tens uma ligação à Internet,
um computador e uma GRANDE vontade
de seres livre…

Mereces saber…

Mereces saber que existe um lugar,
um grupo de pessoas, um sistema…

Que te pode proporcionar essa liberdade.

E essas pessoas, que trabalham a partir
de casa, do carro, do parque ou da praia…

São elas que te vão ajudar…somos nós!
Os Lazy Millionaires.

Como Manter uma Organização no Internet Marketing

Imagina…

Teres tempo para ti, tempo para
a tua família, tempo para fazeres
aquilo que mais queres com quem queres…

E ainda…

Ganhares literalmente uma
pipa de massa!

É o que vais encontrar quando
te registares aqui:
http://oliviercorreia.com/c/joinen

Esta é de facto a resposta para
os teus problemas: aqui:
http://oliviercorreia.com/c/joinen

Tem sido assim para milhares de pessoas…

Pode ser assim para ti também…

Se acreditares…em ti!

Forte Abraço!

Olivier

A Prova que Procuras

Existem muitos e diversos tipos de negócios na Internet. Muitos são fraudes, mas muitos são também legítimos. No entanto os legítimos que conheço para além daquele que desenvolvo têm algo que é comum a todos eles.

Poucos são aqueles que todos ganham dinheiro!

Por isso é que acho fantástico o negócio da Empower Network, que desenvolvo em parceria com o meu grupo dos Lazy Millionaires League.  O nosso lema é : “Desfrutar a vida e fazer a diferença”. E é por isso que ninguém fica para trás e todos têm as mesmas hipóteses de ganhar dinheiro.

Para te mostrar daquilo que falo reuni uma série de testemunhos que todos os dias vão aparecendo no nosso grupo privado dos Lazy Millionaires no Facebook. Podes perceber facilmente aquilo que se está a passar 🙂

O Artur e a Becas são “blogers” há já uns anitos. Um dia decidiram despedir-se e dedicarem-se a 100% à Internet. O sonho deles era poderem trabalhar a partir de qualquer lugar onde estivessem e sobretudo passarem mais tempo de qualidade com o Cláudio, o filho deles, que é uma criança espetacular e  está em todos os eventos dos Lazy Millionaires com os seus pais. Hoje o Artur e a Becas são livres e passam praticamente metade do ano de férias com o negócio em piloto automático.

O Carlos Barradas era canalizador, trabalhava por conta própria e o seu negócio faliu. decidiu desenvolver o seu negócio online sem nada perceber de internet. Repara bem nos resultados que tem hoje:

 

 

O Benito Garcia foi vendedor durante toda a vida dele, começou ainda em criança no café dos seus pais, passou pelo porta-a-porta e até tachos e panelas vendeu. Hoje tem um sucesso incrível e é internacionalmente conhecido. Podes ver na imagem abaixo os seus resultados:

O Helder é um dos nossos formadores da Universidade da Tribo Lazy Millionaire. Começou a fazer este negócio em part-time e hoje tem os resultados que podes ver na imagem abaixo:


O Igor e a Tuxa são um casal fantástico! O Igor era chefe de vendas de uma conhecida empresa de telecomunicações e a Tuxa é professora. Até que decidiram que iriam ter a qualidade de vida que sempre sonharam…e sabes que mais? Aconteceu!

A Irina é uma ex-advogada, que decidiu que se iria dedicar a 100% à família e ao seu filhote. Hoje tem a vida que sempre sonhou, passa o tempo que quer em família e tem dias assim:

 

A Luzia é do Brasil e é ex-empresária. Juntou-se ao nosso projeto com 65 anos sem perceber nada de Internet e hoje tem dias de ganhar $3.000 dólares!

 

O Manuel Manero deve ser a pessoa mais bem disposta e divertida do nosso grupo. mas não foi sempre assim, passou por grandes dificuldades quando a sua empresa faliu, até que resolveu virar-se para a Internet à procura de soluções. Hoje a sua vida deu uma volta de 180 graus com resultados fantásticos!

 

 

A Carla e o Mário atingiram resultados gigantescos no nosso grupo. Eram empresários e tinham restaurantes e discotecas. É engraçado porque quando eles se juntaram ao projeto as pessoas riam-se do Mário, que nem um print screen sabia fazer, não percebia absolutamente nada de Internet. Foi graças ao Mário que tive o meu dia de $6.850 dólares e o melhor dia deles foi…atenção podes ficar chocado! $18.000 dólares NUM SÓ DIA!

Estes resultados não são típicos, consulta os rendimentos médios em: www.empowernetwork.com/income

 

 

O Miguel Borges é aquela pessoa fantástica e super positivo de quem todos querem estar perto. O Miguel reestruturava empresas e é professor de yoga. O Miguel tem sonhos enormes, como reconstruir cidades, levar água potável a todos os cantos do mundo e outros projetos assim grandiosos. Com este projeto conseguiu atingir um dos seus maiores sonhos. Construiu a sua casa de madeira com mais de 300 metros quadrados para onde já se mudou com a sua família.

 

 

 

O Miguel foi literalmente enganado pela Sociedade como a maioria das pessoas. Tinha 3 empregos ao mesmo tempo, serralheiro, barman e funcionário de uma loja de móveis . E mesmo assim como ele próprio diz: O dinheiro mal chegava para pagar as contas.  Agora tem dias de ganhar o que ganhava nos 3 empregos num mês inteiro!

 

 

A Natália é funcionário de um banco. Faz este negócio em part-time e tem dias de ganhar mais do que o seu salário mensal!

A Paula Garcia vivia com 150€ por mês! Consegues imaginar? Hoje já superou a marca dos 150 mil dólares!

 

 

O Rui Gabriel era designer gráfico. Passou por enormes dificuldades financeiras, recorda muitas vezes o facto da sua esposa Melissa ter de juntar água no leite, para alimentar as suas 4 filhas. Hoje tem um sucesso enorme e é um dos pilares do desenvolvimento pessoal na nossa indústria. Já ganhou mais de meio milhão de dólares!

Estes resultados não são típicos, consulta os rendimentos médios em: www.empowernetwork.com/income

A Francisca e o Rui são uns amigos especiais. Eram empresários com sucesso…mas não tinham tempo para usufruir da vida em família. Não foi senão depois de se juntarem ao nosso grupo que conseguiram finalmente desfrutar da companhia um do outro e das suas 3 filhas. São também um exemplo de excelentes resultados como podes ver na foto:

Amigos…poderia estar aqui a mostrar-vos mais 100 exemplos de pessoas comuns como tu e eu que pertencem ao nosso grupo e têm um sucesso incrível…mas creio que já percebeste onde quero chegar certo?

Como vê qualquer pessoa, de qualquer idade, com as circunstâncias mais diversas, com qualquer profissão e com ou sem conhecimentos, PODE TER SUCESSO NESTE GRUPO!

Estás preparado(a) para mudares tu também a tua vida como nós todos mudámos as nossas?

Regista-te agora mesmo AQUI!

Fala de seguida comigo no skype: oliviercorreia1 é o meu user

P.S.: Deixo-te também aqui uma imagem com aquilo que ganhei nos últimos 10 meses: Mais de $56.000 em 10 meses!!!

 

Junta-te a nós!

Sabes O Teu Valor ?


“Todas as pessoas são geniais, mas se julgares um peixe pela sua capacidade de subir a uma árvore, passará a sua vida achar que é estúpido”

– Albert Einstein

 

Um orador começa a sua palestra segurando bem alto uma nota de 100 euros e pergunta aos presentes:

– Quem gostaria que eu lhe desse esta nota?

As mãos começam a levantar-se.

Então ele diz:

– Vou dar esta nota a alguém de vós, mas antes vou fazer algo com ela.

Amarrotou a nota por completo com as suas mãos e perguntou:

– Ainda querem esta nota de 100 euros?

E como é óbvio as mãos continuam a erguer-se.

– Pouco importa aquilo que eu faça com esta nota. Todos a vão querer sempre porque o seu valor não mudou, continua a valer 100 euros por mais amarrotada que esteja.

Então pensem nas vossas vidas. Muitas vezes irão ser “amarrotados”, rejeitados, insultados e em alguns casos até humilhados pelos outros e castigados pela vida. Muitas vezes pensarão que nada valem.

Mas a realidade é que o vosso valor não terá mudado aos olhos daqueles que reconheceram quem vocês são, aquilo que levam dentro.

As tuas circunstâncias atuais não definem o teu valor!

Forte Abraço

 

Top 10 citações sobre a autoconfiança

A autoconfiança é um elemento chave na construção de uma vida baseada no desenvolvimento pessoal. Esta é a minha profunda convicção.
Por isso e tendo em conta o meu envolvimento com a questão do desenvolvimento pessoal para uma mudança de vida radical, decidi partilhar contigo umas citações que me fazem todo o sentido.

 

Mete o cinto!

 

 

 


1 – A quem lhe falta autoconfiança, encontra-se à mercê das opiniões alheias.

 

 – Denis St-Pierre

 

 

Uma citação repleta de bom senso, quanto menos confiança temos em nós, mais vamos ser sensíveis às opiniões dos outros, `quilo que pensam das nossas ações e palavras.

 

 

 

2- Fazer confiança faz sempre parte da autoconfiança .

– Hervé Bazin

 

 

Quando confiares em ti, podes confiar nos outros, (e vice versa), pois saberás que se fores dececionado por alguém, isso não irá colocar em causa os teus fundamentos de vida e existência. Tu sabes que a vida depende exclusivamente daquilo que fazes dela.

 

3 – Autoconfiança é eliminar do nosso caminho as crenças inúteis.

– Jean Gastaldi

 

Quanto mais confiança acumulamos, menos ligamos às pequenas coisas, que podem pouco a pouco apodrecer a nossa existência. Todas as pequenas crenças vãs do dia-a-dia e todos os nossos objetivos condicionam-se através da confiança que ganhamos em executar as pequenas coisas. Isto protege-nos de uma existência baseada no medo (o medo da exposição, o medo de colocar em risco a nossa integridade física, o medo do ridículo, etc.)

 

 

 

 4 – A confiança fornece mais á conversa o que o próprio espirito.

– La Rochefoucauld

 

A confiança é um verdadeiro meio de entrega. Quantas vezes no passado procurei a resposta perfeita e esta nunca saiu por falta de confiança. Quando és confiante não te preocupas com que aquilo que dizes agrade ou não ao teu interlocutor. Vives o momento presente sem te preocupares com qualquer tipo de controlo social.

 

 

 

 5 – Sem autoconfiança, autorrespeito e autoestima não podemos ser homens, nem mesmo homens comuns.

– Yasmina Khadra

 

 

Está tudo dito, sem autoconfiança nada feito! A boa notícia é que isto trabalha-se!

 

 6 – Devemos ter confiança em nós mesmos sempre que possível…sem vaidade!

– André Maurois

 

Autoconfiança e arrogância são duas coisas distintas. É preciso saber desenvolver a primeira sem cair na armadilha da segunda. Para isso existe uma técnica: Desenvolver uma confiança sã, não uma confiança de fachada e de comparação com os outros, que te leva a gabares-te das tuas capacidades. A pessoa confiante não precisa de mostrar que o é. Sabe que é e não tem nada a provar.

 

7 – Quem tem autoconfiança conduz os outros.

– Horace.

 

As pessoas que têm confiança em si, são quase sempre (quer o queiram quer não) líderes, ou pessoas que transmitem inspiração á sua volta. Desenvolve a autoconfiança e toda a tua esfera de influência ira dar um pulo para o próximo patamar.

 

8 – A criatividade vem da autoconfiança. Confia nos teus instintos.

– Rita Mae Brown.

 

Quanto mais confiança tiveres, mais deixarás a tua imaginação seguir o seu curso sem te julgares negativamente ou te boicotares. É necessária uma boa dose de confiança para revolucionar a arte, como o fizeram numerosos pintores e músicos. Se desenvolveres a autoconfiança poderás muito facilmente ir ao extremo dos teus processos criativos.

 

 

 

9 – É a imagem que temos de nós mesmos que traça o nosso destino.

 – Nathaniel Branden

 

Se não acreditares que és capaz de fazer algo, o mais certo é mesmo nunca o fazeres. No entanto, se estás persuadido que fores capaz de o fazer quaisquer que sejam os obstáculos, o mais provável é conseguires.

 

 

10 – Onde reina a força interior e a autoconfiança, desaparece o medo e a dúvida.

– Dalaï Lama.

 

 

Quando conhecemos o nosso valor e somos confiantes, há muito menos lugar para o medo e os sentimentos negativos como a dúvida. Esta é uma citação que aprovo a 100%, pois já vivi esta situação!
Conclusão:

 

Desenvolver autoconfiança é uma competência primordial, uma passagem obrigatória no caminho do desenvolvimento pessoal e da felicidade!

Se o tema te interessa, adquire o Inner Circle ! Um curso sobre desenvolvimento pessoal ao mais lato nível. Que te vai abrir caminho para a autoconfiança, autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Forte Abraço!