Ver Com Olhos de Ver

A verdadeira viagem da descoberta, não consiste em procurar novas paisagens, mas a ver com outros olhos

– Marcel proust

 

 

Numa qualquer aldeia chinesa, um jovem principiante em meditação, chega um dia a casa do seu mestre completamente estafado e diz:

– Mestre! É impossível, nunca vou conseguir!

E o mestre pergunta-lhe:

– Mas o que tens tu?

– Na minha pequena casa com uma unida divisão tenho, a minha mulher e os meus três filhos a fazerem barulho de manhã à noite. É infernal! Não consigo meditar. Nunca me vou conseguir entregar a esta via.

O mestre após uma profunda reflexão diz-lhe:

– Tenho uma ideia, compra um cão.

Bem…era o mestre e evidentemente ele obedece, pensando que provavelmente havia algum sentido místico escondido atrás desta ideia. Foi então buscar um cão que levou para a sua pequena casa.

 
Alguns dias depois regressa a casa do mestre e diz-lhe:

 

– É impossível! Agora além da mulher e dos miúdos a fazerem barulho, ainda tenho o cão a ladrar. Como vou consagrar-me à meditação?

 
O mestre faz uma nova reflexão profunda e diz-lhe:

 

– Compra uma cabra

 

O jovem obedeceu, comprou a cabra…e galinhas…e um gato.

 

Obedeceu sempre, o mestre é o mestre e o jovem aprendiz segue instruções.

 

Mas está de facto cada vez mais extenuado…

 

Agora na sua pequena casa, tem a mulher, os filhos, o cão, a cabra, as galinhas e o gato.

 
Uma última vez e, completamente desmoralizado e cansado, queixou-se ao seu mestre que lhe disse então:

 

– Vende as galinhas, a cabra e também o gato!

 
Algum tempo depois o jovem foi visitar o mestre e diz-lhe:

 
– Obrigado mestre! Está a ser maravilhoso, já só tenho a mulher, os filhos e o cão em casa e é fantástico meditar assim!

 
Mas este não foi o ultimo ensinamento…

 

Um dia mais tarde o mestre disse-lhe:

 

– Agora retira a meditação e desfruta, tens em casa tudo o que precisas para seres feliz!

 

Por vezes precisamos de perceber realmente do que não gostamos para valorizarmos mais o que temos. Só essa experiência nos fará ver o mundo com outros olhos!

Gostavas de ter um blog para escreveres sobre aquilo que quisesses e ganhar dinheiro com isso?

Então ISTO é para ti!

Clica na imagem abaixo e adquire ainda hoje o teu blog pré-configurado.

A Felicidade

Continuo a surpreender-me, quando ouço as pessoas dizerem que não sabem ser felizes.

As pessoas agem como se a felicidade fosse uma força misteriosa e difícil de decifrar.

A felicidade é um dos temas mais estudadas da história da humanidade. Se olharmos para a psicologia e a filosofia, não é tudo aquilo que estas duas áreas têm feito ao longo de séculos?

Os princípios da felicidade são conhecidos!

Ver vídeo abaixo:

O que acontece é que por vezes, senso comum não significa prática comum, e as pessoas vêm-se embrenhados em ações que as levam precisamente a não serem felizes.

Sabemos que a felicidade advém da nossa forma de ver o mundo e a nossa vida. Depende da forma como vemos o nosso passado, o presente e o futuro.

Se olharmos para o passado com gratidão em vez de o ressentirmos, se filtrarmos as boas memórias e mesmo que tenham havido conflitos, lutas e desafios, e essencialmente se aceitarmos que o passado fez de nós quem somos hoje, podemos ser livres no presente!

Livres de ressentimento e livres de experimentar gratidão!

E No presente o que nos faz felizes?

Bem, aquilo eu que eu acredito e vivencio é que, se estivermos honesta e seriamente comprometidos com um objetivo de vida, todos os dias nos vamos desafiar mais um pouco e consequentemente fazer mais um pouco.

Ao agirmos desta forma, vamos sentir-nos preenchidos, sabendo que rumamos a passos largos para a concretização de um sonho.

Quanto ao “olhar sobre o futuro”, é apenas uma questão de antecipá-lo com entusiasmo, pois se estivermos seria e honestamente comprometidos com aquilo que queremos, o que queremos irá inequivocamente acontecer!

Saber disto faz-me feliz!

E mesmo que o futuro possa parecer em algumas ocasiões um pouco assustador, mesmo que antecipemos lutas e desafios (pois vão sempre existir). Devemos olhar para o amanhã com entusiasmo.

 

Vou dizer-te algo importante:

Se não consegues olhar para o amanhã com entusiasmo, não tem nada a ver com a realidade do amanhã!

Tem a ver com o teu ”mindset”, a tua mentalidade, ou a falta de uma mentalidade virada para a ação, uma mentalidade positiva, provavelmente pelo facto de teres sido pessimista e negativo durante muitos anos e que acabou por literalmente drenar a tua esperança!

A boa notícia é que existe uma “cura” para isso, a única coisa que tens que fazer é uma introspeção, um ponto da situação (vê aqui como) e tomares consciência de que tens vindo a envenenar a tua mente com falsas crenças.

Toma consciência!

Aceita o passado com gratidão, compromete-te no presente e olha para o futuro com entusiasmo!

Esta é a minha receita simples para a felicidade 🙂

Forte abraço!

Olivier

P.S.: Todas estas técnicas para um mindset de sucesso estão contidas na formação “INNER CIRCLE”. Que podes adquirir agora mesmo clicando na imagem abaixo: