Não tenho Dinheiro!

Procuras financiar um projeto?

Precisas de dinheiro para investir no teu negócio?

Neste artigo proponho-te um “boost” de criatividade para arranjares soluções hoje ainda!

 

« Não Tenho Dinheiro para Investir no Meu Negócio » !

 

Se empreendeste algum projeto, ou se acabaste de iniciar um negócio online, vais precisar de fundos para financiar e lançar a tua atividade.

A vantagem do marketing de afiliados (falo da empresa com a qual trabalho) é que o investimento inicial é muito inferior a uma empresa do negócio tradicional.

Umas poucas centenas de dólares servem para iniciar o negócio e com 3 ou 4 mil dólares compram-se todos os produtos.

Se pensas que não tens dinheiro para investir no teu negócio e na tua educação, então és provavelmente vítima de crenças limitativas!

Mas tranquiliza-te, não és o(a) único(a).

O problema é que poucas pessoas têm essa consciência. E alguns até rejeitam a ideia de terem crenças limitativas.
Para saber se tens crenças limitativas em relação ao dinheiro, podes ler o livro de T. Harv Ecker  «Segredos da Mente Milionária», verifica se colocas em prática os 17 princípios do livro.

Podes descarrega-lo clicando na imagem abaixo:

 

 

Eu & As Minhas Crenças Limitativas

 

Pessoalmente, as minhas crenças limitativas atrasaram a progressão do meu negócio. Só passados 4 meses e meio de ter iniciado a minha atividade é que comecei a modificar as minhas crenças limitativas e só assim consegui mudanças positivas a nível financeiro.

Quando tomei consciência das minhas crenças limitativas e as alterei, consegui os meus primeiros $30.000 dólares em pouco mais de 3 meses.

Mesmo depois de atingir esse objetivo, continuei a desenvolver-me e a criar novas crenças positivas para tingir um patamar superior.

 

De onde vêm as nossas Crenças Limitativas em relação ao Dinheiro?

 

Ter crenças limitativas é quase inevitável, numa sociedade onde o dinheiro é tabu e os mais abastados são mal vistos.

Para compreenderes até que ponto somos influenciados desde a nossa infância, sem mesmo darmos conta, proponho-te 3 exemplos, que mostram como os media influenciam a nossa relação com o dinheiro:

 

1- « Uma casa na Pradaria »

Dependendo da tua idade, certamente que já viste, durante mais ou menos tempo, esta série de televisão. Conta a história da família “Ingalls”: Uma família de camponeses, de pessoas generosas, amigas de ajudar, engraçados, devotos, mas sem dinheiro nenhum.

Lembras-te de quem eram “os maus” nesta série?

A família Olson: família burguesa, os mais ricos da aldeia, as pessoas mais detestáveis da vizinhança.

 

2- « Batman »

O lendário Batman, tem um excelente meio de esconder a sua identidade secreta de super-herói…

Quando tira a máscara, transforma-se no milionário Bruce Wayne, um homem de negócios riquíssimo, arrogante, frio e desagradável.

Com este perfil de rico, ninguém pode suspeitar da sua identidade de super-herói generoso ao serviço dos outros!

 

3- « Titanic »

Um dos filmes mais vistos da história do cinema. Igualmente cheio de “clichés” acerca dos ricos!

Lembras-te das cenas pouco antes do naufrágio do Titanic?

Em primeira classe, os ricos «presos» jantam num ambiente de «glamour».

Uma menina leva um sermão da sua mãe, pela forma errada como segura no seu garfo!

Enquanto isso, em terceira classe, vive-se um ambiente de festa, os pobres cantam, dançam e divertem-se!

A Rose, que quase comete suicídio, é salva pelo Jack, um herói…sem um tostão!

Estas mensagens inconscientes e repetidas desde a nossa infância, não nos incitam à riqueza…antes pelo contrário!

Muitos são aqueles que desenvolvem uma tendência inconsciente em autossabotar os seus projetos, por forma a não se parecerem com essas detestáveis pessoas ricas.

Uma vez que tomes consciência destas crenças limitativas, poderás começar o trabalho de as eliminar.

 

 

História de Motivação

 

O segundo motivo pelo qual pensas que não tens dinheiro para investir no teu negócio, é a falta de motivação!

Imagina que és um fã incondicional da Ferrari, e que um dos teus amigos é dono de um dos teus modelos preferidos.

 

Hoje, ele anuncia-te, que como sabe da tua paixão, te vai vender o seu Ferrari novinho em folha por 3.000 €uros.

Vais arranjar esses 3.000 €uros?

Aliás, também sabes que depois de comprares este Ferrari, o poderás facilmente vender por 100.000 €uros!

Eu tenho a certeza que arranjarias uma solução para teres 3.000 €uros!

É tudo uma questão de motivação!

O teu negócio é esse Ferrari…literalmente!

Hoje tens que arranjar 3.000 €uros, mas mais tarde vais ganhar vais gerar 100 vezes mais dinheiro com esse investimento!

Se a tua visão estiver claramente definida e atua motivação for forte, irás achar um meio para financiares o teu projeto!

 

Exercício Criativo para Financiares um projeto

 

Para concretizares o teu objetivo principal, proponho-te este pequeno exercício.

Vai ajudar-te a passares de uma mentalidade orientada para a “Escassez e problemas” a uma mentalidade orientada para a “Abundância e Soluções”.

– Pega numa folha de papel e numa caneta.

– Faz uma lista de 50 maneiras de arranjares 3.000 €uros para investires no teu negócio, daqui a uma semana.

– Lista sem receios todas as formas que te passarem pela cabeça (está a escrever para ti)

– Relê quantas vezes forem necessárias este artigo desde o início!

– Não penses no dinheiro que vais poder ganhar com o teu negócio. Pensa no que vais poder fazer com ele! Pensa na tua família! Pensa naquilo que mais te motiva neste mundo!

– Não pares até teres escrito 50 maneiras diferentes!

Só te resta passar à ação!

Aplica uma ou várias soluções das 50 que listaste e lança-te de cabeça no teu projeto com esse financiamento!

 

Espero ter-te ajudado!

Forte Abraço!

post scriptum: TOMA AÇÃO!

 

Como Funciona o Negócio da Empower Network?

A Empower Network é uma escola de desenvolvimento técnico e pessoal, que nos capacita a podermos literalmente “brincar” com a Internet no que diz respeito à promoção e venda de qualquer tipo de produto e consequentemente ganhar rios de dinheiro!


No vídeo abaixo vais poder assistir a uma fantástica explicação sobre a visão do meu amigo Tomás acerca deste negócio.

Quer tenhas ou não um negócio na Internet,

Quer tenhas ou não um negócio tradicional,

Quer queiras adquirir novas competências ou capacitar-te a viver 100% da Internet.

Esta escola de desenvolvimento técnico e pessoal é para ti!

 

Toma ação, regista-te agora mesmo:


 

3 Questões Para Mudares De vida

Tens vontade de agir sobre um dos teus problemas?

Queres levar um projeto a “bom porto”?

Tens dificuldade em passar à ação?

 

Tens que saber como criar o “clique”!

click1

 

 

Uma dúvida, uma objeção e hesitas…procrastinas, ou até começas mas paras logo a seguir.

Sabes no entanto que deves passa à ação para realizares esse teu objetivo.

 

O que precisas é de “um clique” para te lançares!

A passagem à ação acorda por vezes muitas resistências, receios e medos. Mas como diz o norte Americano Allan Lokos: « as tuas posses são as tuas ações ».

Logo-Ação

Através desta curta citação podes medir efetivamente a importância de “AGIR”.

Hoje quero ajudar-te a criares ou desencadeares um “clique” que pode mudar literalmente a tua vida!

Para isso vou propor-te um exercício, um exercício simples fundamentado em 3 questões.

Antes de começares vou deixar-te algumas recomendações:

– Reflete com tempo a cada questão, toma tempo para projetares, para sentires os teus arrependimentos.

– Escreve as tuas respostas num caderno ou numa folha, a caneta.

– Se as respostas não surgirem logo, não desistas, “rabisca” algumas palavras para arrancares.

– Não procures escrever frases bonitas, apenas quilo que sentes.

Vamos lá então!

 

 

 

1ª Questão: Do que posso vir a arrepender-me se não passar à ação hoje?

Nesta primeira questão deves projetares-te no futuro e olhar para trás, como que se nunca tivesses passado à ação. Deves olhar para o teu futuro como se não tivesses feito nada para mudar a tua vida.

Deves ter coisas que queres fazer na vida, descobrir, viajar, constituir uma família, montar o teu próprio negócio, voltar a estudar, dedicar-te a uma causa, etc…

Quias são os teus objetivos mais importantes, os teus sonhos?

Agora imagina…imagina que daqui a 10 anos não fizeste nada…porque nunca passaste á ação!

O que sentes? Quais são os teus arrependimentos?

Através desta primeira questão, trata-se de tomares consciência que realizares aquilo que queres para a tua vida só depende de uma coisa: Passares à ação!

Adiar a ação pode sem dúvida criar dolorosos arrependimentos para o futuro.

«Tinha vontade de mudar a minha vida, mas o meu único erro foi não me mexer!»

 

Este é um exemplo daquilo que podes vir a sentir no futuro se não agires!

Vamos então continuar a criar o “clique”? Siga…

 

 

 

2ª Questão: Quais são os projetos, sonhos e ações passadas sobre as quais não agi? Sobre as quais não coloquei ação?

Desta feita com a segunda questão podes analisar o passado. Podes fazer uma lista daquilo que não conseguiste fazer porque não agiste.
Esta reflexão pode servir para fazeres um ponto da situação. Muitas coisas que quiseste fazer no passado podem já não fazer sentido hoje, mas outras até podem ter crescido e terem-se tornado ainda mais importantes. Cabe-te a ti filtrares.

Se tens a impressão de te teres esquecido durante os anos, deixa-me dizer-te o seguinte:

– Nunca é tarde demais para passares á ação. Se agires agora evitarás arrependimentos futuros.

Qual é então o último “eixo de reflexão” que te vai permitir desencadeares um “clique” para agires?

Vou dar-te a resposta no próximo parágrafo…

 

 

 

 3ª Questão: Estarei eu satisfeito(a) a 100% com a minha situação atual?

 

Esta 3ª questão está completamente ancorada no presente. Se estiveres satisfeito(a) com a tua vida presente, ótimo!

Mas se ao contrário a tua resposta for não, a questão pertinente que te deves colocar é:

«Estarei 100% seguro que nada posso fazer para mudar?»

É impossível que a tua margem de manobra seja completamente inexistente.

Questiona-te então:

«Qual é a primeira ação simples que posso fazer para melhorar?»

Foca-te numa ação simples, uma ação possível, que possas realizar hoje ainda!

Esta primeira passagem à ação vai desencadear um processo positivo que te vai permitir avançaras progressivamente!

 

Agora a bola está do teu lado!

Mete ação!

REGISTA-TE!

Gestor de Redes Sociais ou « Community Manager» O Que É ?

A evolução do e-comerce e da web 2.0 viu nascer uma nova profissão, a função de «community manager» ou gestor/analista de redes sociais, na fronteira entre a comunicação com os clientes e o web marketing.

O seu papel é projetar a presença e notoriedade da empresa ou marca na Internet através das redes sociais, criando uma relação e interação com o seu nicho de mercado. A moderação dos diversos canais de comunicação nas redes é outra tarefa fundamental de um «community manager».

Gestor de redes Sociais ou « Community Manager» o que é

 

O “coração” desta nova profissão reside então nesta relação com os internautas, que são influenciados positivamente a entrarem num “funil de marketing” que começa por uma simples newsletter e vai até á venda.

 

Investir num gestor de redes sociais é investir na construção de uma audiência e reunir um público-alvo metodicamente segmentado conforme o nicho da empresa, alcançável num único lugar.

Imaginam as vantagens que isto pode trazer?

A Missão do «Community Manager»

– Assegurar a reputação da empresa

– Animar as redes sociais: Facebook, Twitter, Google +, Blog, etc…

– Responder às questões dos internautas

– Partilha e escreve sobre as novidades da empresa no Blog

– Constrói relações e incentiva a audiência ao envolvimento constante

– Analisa os dados de suporte à comunicação em plataformas de email marketing

 


Porque as empresas precisam de um gestor de redes?

As redes sociais modificaram drasticamente a relação entre uma empresa e os seus clientes.

Todas as empresas fossem elas pequenas, médias ou grandes e em qualquer setor de atividade, “espelhavam” a sua imagem através de um web site na Internet. Hoje já não é bem assim, as empresas evoluíram no sentido de uma visão dinâmica e interativa da sua comunicação. Os blogs e os espaços de expressão nas redes sociais permitem este movimento de fundo que visa a tornar “atores” os clientes e prospetos de uma empresa.

Gestor de redes Sociais ou « Community Manager» o que é

Qualquer publicidade, qualquer envolvimento ou opinião emitida por parte de uma empresa recebe uma resposta imediata em todos os canais de comunicação das redes sociais. O que requer uma constante atenção e monitorização desses mesmos canais.


A minha empresa precisa mesmo de um gestor de redes sociais?


Claro que sim, e será cada vez mais essencial, pois aquilo que irá tornar uma empresa influente num futuro muito próximo não será o seu tamanho ou o número de colaboradores que emprega, mas sim a sua comunidade online.
Há 10 anos atrás, todos colocavam a mesma questão com a Internet: Será que a minha empresa precisa mesmo de um web site?

Hoje é impensável uma empresa não investir num web site e não usar esse potencial de crescimento. Ainda há poucos anos um web site bastava para tornar uma empresa visível. Hoje ainda é muito bom ter um site, mas não deixa de ser uma ferramenta de comunicação estática de uma via apenas.

Os clientes e prospetos adquiriram o hábito de se dirigirem às empresas por email e cada vez mais por intermédio das redes socias, que é o mais simples e rápido de todos os meios de comunicação.

O «Comunity Manager» ou gestor de redes sociais, torna-se então essencial para a relação das empresas com os clientes, quer para difundir informação, quer para criar relações com internautas que amanhã poderão transformar-se em clientes ou embaixadores.

 

Gestor de redes Sociais ou « Community Manager» o que é

Ter um site/blog regularmente atualizado e adicionar-lhe uma presença ativa nas redes sociais permite:

– Detetar disfunções e acelerar a inovação no processo da empresa.
– Captar novas tendências e identificar a concorrência.

– Alargar o potencial de informação de clientes e prospetos.

– Aumentar o tráfego para o site da empresa.

 

 

Competências, personalidade e trunfos:

 

Bons conhecimentos de Internet e principalmente das redes sociais, ser capaz de utilizar ferramentas de tratamento de imagem, vídeo e som. Ter algumas noções de código HTML e CSS. Tem uma visão ampla de marketing, domina plataformas de email-marketing e trabalha com inúmeras fontes de tráfego. Tem fibra de vigilante e sabe ser um profissional da comunicação. Deve obviamente também ter um bom conhecimento sobre os produtos e serviços que a empresa oferece.

Os seus trunfos:

– A paixão pela Internet: É apaixonado pelos novos media, redes sociais, atualidade, pelo frenesim do marketing e pela cultura web.

– Relaciona-se bem: Tem gosto pelo contacto com as pessoas e pelo trabalho em equipa, faz uso de escuta ativa e empatia, gosta de ajudar os outros e tem sentido de diplomacia.

– Excelente capacidade de comunicação: Um português inquestionável, boas qualidades de redação, sentido de comunicação oral e escrita, saber inglês.

– Informatica: XML/HTML, PHP, MySQL, Zend, Flash, Dreamweaver, CSS, WordPress, MS Office, Photoshop, etc…

 

 

Que Futuro?

A profissão de « Community Manager » está ainda no seu nascimento, embora já exista há alguns anos. O mercado de trabalho para esta função vai forçosamente desenvolver-se.

Nos dias de hoje os únicos profissionais que reúnem as competências necessárias para o desenvolvimento desta profissão são os “Internet Marketers” e não são todos. São aqueles pela sua perseverança e vontade de aprender “desbravaram” caminho na Industria do Internet Marketing, capacitando-se assim para as funções desta profissão.

 

 


Artigos relacionados com Gestor/gestão de redes sociais:

Porque Deves Contratar Um Gestor De Redes Sociais Para A Tua Empresa?

Qual O papel De Um gestor De Redes Sociais?

Precisas de um gestor de redes sociais?

Entra em contacto comigo:

Email: geral@oliviercorreia.com

Telemóvel: 351 915 371 160

Facebook: https://www.facebook.com/oliviercorreia.professional

Podes ainda fazer o teu registo direto aqui: REGISTO

Instruções em português aqui: INSTRUÇÕES  (ponto #36)

Qual O papel De Um gestor De Redes Sociais?

Neste momento todos os empresários (ou quase todos, pelo menos os que estão atentos), se questionam se devem ou não contratar os serviços de um gestor de redes sociais.

Qual O papel De Um gestor De Redes Sociais?

Apesar de todos notarem a crescente popularidade das redes sociais, muitos são aqueles que não sabem como, quando ou porque o deveriam fazer.

Notam que os amigos, colegas, empregados, filhos e familiares estão todos presentes e ativos a um nível mais pessoal. Mas…o que muitos não vêm é que os seus atuais e futuros clientes também lá estão!

Neste preciso momento em que estás a ler este artigo, os teus clientes estão mergulhados nos confins de uma rede social a verem passar mesmo por debaixo dos seus narizes a publicidade e presença dos teus concorrentes. Interagindo com eles, a meter “gostos” nas suas páginas de fãs e a ler as vantagens dos seus serviços e produtos.

Falam também entre eles, criam relações de proximidade com outros internautas, descobrem gostos em comum, descobrem fornecedores comuns e quando isto acontece, basta muitas vezes alguém com quem simpatizam emitir uma opinião positiva sobre um dos teus concorrentes para tu passas á história…

Qual O papel De Um gestor De Redes Sociais?


Pois é…

E que tal teres a oportunidade de também fazeres parte, fazeres parte da paisagem social dos teus clientes, como uma autoridade no te ramo?

Ouvir as suas experiências em primeira mão, o que sentem que poderias melhorar neste ou naquele serviço ou produto? O que compraram noutro lado porque tu não tens para venda?

Se ainda não estás convencido sobre o porquê de teres que recorrer a um gestor de redes sociais para o teu negócio não há problema nenhum, vou dar-te mais 5 razões:

Contratares alguém com uma vasta experiência e conhecimento nestas plataformas e ferramentas vai trazer-te enormes benefícios. As redes sociais estão em constante evolução e mudança e apenas um profissional do ramo pode acompanhar esta evolução, mantendo-se permanentemente atualizado, estudando, apreendendo novos protocolos, usando sempre as ferramentas mais atuais e as estratégias adequadas a essa mesma mudança.

  1. Só porque já tens conta em algumas redes sociais, não significa que as saibas usar para o teu negócio de forma correta. Se tens uma página de fãs no Facebook e uma conta no Twitter, onde “de vez em quando” atualizas o teu estado ou colocas um post (quando tens tempo e paciência) …já começaste mal.

    Na realidade é mais prejudicial ao teu negócio teres uma página inativa do que não teres página de todo.

  2. Contrariamente aquilo que possas pensar, só porque o teu sobrinho de 12 anos tem uma conta de Facebook, não quer dizer que ele possa (ou deva) criar a tua página de fãs profissional.

    Contrata um profissional. O teu objetivo deve ser tornares-te uma autoridade no teu nicho através da tua presença online, a tua presença deve ultrapassar a da tua concorrência. Um Blog, um site melhor, uma pagina de fãs no Facebook feita e gerida por um profissional de tráfego, uma conta no Twitter, imagens editadas de forma profissional, um canal no Youtube, etc…

  3. Precisas de alguém que te lembre de não falares para o boneco! O que quero dizer com isto é que é extremamente fácil “esconder-te” no Facebook, deixar de receber as notificações daquilo que escreves, deixar de te seguir no Twitter. Tão fácil que está á distância de um clique!
    Precisas de alguém que desenvolva por ti estratégias de conteúdo por forma a gerar envolvimento nos teus seguidores. Isso só se faz usando técnicas específicas de marketing de atração para que os teus fãs interajam não só com a tua página mas entre eles a teu respeito.

  4. Precisas de ter um plano de marketing online e uma estratégia precisa para as redes sociais. Um plano que te forneça um autêntico mapa para que não te percas pelo caminho. Tens que ser consistente com o teu conteúdo e mais importante ainda tens que te certificar que esse conteúdo traz valor.

  5. Teres um gestor de redes sociais no teu negócio, poupa-te uma infinidade de tempo (o teu bem mais precioso). Mesmo sendo feita por um profissional das redes sociais, qualquer campanha publicitária que se faça por exemplo no Facebook requer conhecimentos avançados em análise de tráfego, segmentação de nichos, construção de listas de subscritores, análise de custos por clique, por visualização, saber configurar um servidor de email para fazer email marketing aos futuros clientes, fazer retargeting com a criação de um público alvo e uma série de outras técnicas que só que faz estas tarefas numa base diária tem conhecimento. Porque é a sua profissão!

    Um gestor de redes sociais é aquela pessoa que vai fazer com que te distingas da concorrência e que te possas focar a 100% no teu negócio sem te preocupares com outras coias.

Se estás pronto para dar o salto para outro patamar digital contacta-me!

Skype: oliviercorreia1

Telemóvel: 351 915 371 160

Facebookhttps://www.facebook.com/oliviercorreia.professional

Forte Abraço!

2 Ferramentas Essenciais Para o Teu Negócio Online!

Qualquer empresa que queira hoje ter uma presença online, deve obrigatoriamente fazer E-mail marketing e manter os seus potenciais clientes de toda a sua atividade.

Qualquer empresa que queira hoje ter uma presença online, deve obrigatoriamente fazer E-mail marketing e manter os seus potenciais clientes de toda a sua atividade.
  1. Aweber

    A Aweber é uma plataforma de gestão de emails, que com a maior simplicidade chega a todos os teus clientes. Envio programado de emails, publicidade, gestão de contactos e tudo para o teu negócio na Internet.

    Click Here to Learn More About Aweber

    tool image

  2. Blog Viral

    Ter um Blog é ter a mais poderosa ferramenta de exposição online. Mas ter um blog não é ter qualquer blog, é ter o blog com maior reconhecimento na web, o blog mais viral que possa existir e o mais simples de todos em termos de indexação aos motores de busca. A nova ferramenta da Empower Network, o blog viral Kalatú preenche todos os requisitos de um blog profissional com toda a simplicidade que possas imaginar.

    Click Here to Learn More About Blog Viral

    tool image